Raphael cobra explicações para paralisação de recuperação da MS-270

PTB Notícias 16/03/2014, 20:16


Em requerimento à Mesa diretora da Câmara Municipal de Dourados, o vereador Raphael Matos, do PTB do Mato Grosso do Sul, pediu o envio de expediente ao secretário estadual de Obras Públicas e de Transportes, Edson Giroto, com cópia à diretora da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos de MS), solicitando esclarecimentos sobre qual o motivo que levou a paralisar os serviços de recuperação da MS-270, rodovia que liga Dourados ao distrito de Itahum.

“Observamos que a recuperação desta importante rodovia, há muitos dias, está paralisada, pois somente um trecho de 30 km até o entroncamento conhecido como placa do Abadio foi restaurada, os 36 km que seguem até o distrito de Itahum estão em péssimas condições de trafegabilidade”, diz o vereador Raphael, solicitando que sejam retomadas providências no sentido de viabilizar o retorno dos serviços e consequentemente as reformas necessárias na recuperação da rodovia MS 270.

“Trata-se de uma via com enorme fluxo de veículos e de grande importância para a economia estadual e que precisa, com urgência, da recuperação total e alargamento da pista de rolamento, sinalização e construção de acostamentos”, sugere o vereador petebista.

Parque AlvoradaRaphael Matos também fez indicação ao prefeito Murilo Zauith (PSB), com cópias aos secretários municipais José Jorge Filho (Governo) e Luiz Roberto Martins Araújo (Serviços Urbanos), solicitando uma ação da prefeitura no bairro Parque Alvorada, incluindo mutirão de limpeza, fixação de grades em torno da quadra de esportes da praça, reparos nas tampas das bocas de lobo e limpeza geral, além do fechamento em torno da área pertencente ao município, localizada próximo aos condomínios Itajú I e II dando acesso a Perimetral Norte, bem como a colocação de placa avisando ser proibido jogar lixo.

“É necessário que se faça neste bairro os serviços de limpeza dos passeios públicos, coleta e retirada de entulhos, varrições, troca de lâmpadas e reatores, pintura de guias, poda de árvores, limpeza de boca de lobo e conserto das grades, roçadas dos terrenos baldios, entre outros”, reforça, pedindo urgência na execução dos serviços, “haja vista que os matagais estão por toda parte, oferecendo perigos constantes à população, proporcionando a proliferação de insetos nocivos à saúde”.

Fonte: site do PTB do Mato Grosso do Sul