Redefinição de bancadas gera polêmica, e Jovair diz ser contra o projeto

PTB Notícias 17/11/2013, 12:36


O projeto que suspende a resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que alterou em dez deputados o tamanho da representação dos Estados na Câmara para as eleições de 2014, teve a votação adiada na Câmara nesta semana.

A proposta teve a urgência aprovada, mas a votação ficou para depois, diante da obstrução de estados que ganham com a resolução.

O líder do PTB na Casa, deputado Jovair Arantes (GO), também coordenador da bancada de Goiás, considera a proposta inconveniente.

O líder lembrou que no início da discussão no TSE, Goiás perderia uma vaga.

“Durante a discussão, nós fizemos ver que Goiás tinha crescido e que não podia perder.

Já naquela ocasião eu defendia com muita veemência que o TSE não pode querer legislar no Brasil”, disse.

Jovair enfatizou que qualquer decisão, certa ou errada, política, tem que ser tomada pela Câmara.

“E não é o TSE, não é o STF e nenhum tribunal brasileiro que pode interferir nas decisões políticas do país.

Então, nós temos que dar um basta nisso”, frisou.

Essa redefinição do TSE levou em conta os dados mais recentes de população divulgados pelo IBGE.

Oito estados perderão deputados, enquanto cinco ganharão mais representação.

Agência Trabalhista de Notícias (ELM), com Informativo da Liderança do PTB na Câmara dos Deputados