Reizo quer Programa de Psicomotricidade Relacional em disciplina escolar

PTB Notícias 24/07/2013, 11:25


O vereador de Manaus (AM) Reizo Castelo Branco (PTB) deu entrada na terça-feira (23/7/2013) no projeto de lei nº 298/2013, que institui na Rede Municipal de Ensino o Programa de Psicomotricidade Relacional na disciplina de Educação Física, nos níveis que engloba as séries do ensino fundamental.

O programa tem como objetivo estimular a aprendizagem escolar por meio de atividades lúdicas, compatíveis à faixa etária, proporcionando o desenvolvimento do sistema psicomotor do aluno nas questões relacionadas à aprendizagem, Educação Física e Psicomotricidade.

Este programa contribui para a intervenção das queixas de dificuldades de aprendizagem por meio da prática psicomotora, que explora as funções corporais.

O projeto de lei prevê que a Secretaria Municipal de Educação (Semed) faça o planejamento e a regulação das normas para a implantação do Programa de Psicomotricidade Relacional nos planos anuais das escolas municipais de Manaus.

A Psicomotricidade Relacional na escola objetiva contribuir no processo educacional das séries iniciais, através de atividades lúdicas de impacto e aceitação positiva por parte das crianças, sabendo que através do brincar o aluno aprende mais.

Tão grande é a importância da psicomotricidade relacional que é denominada por psicólogos e pedagogos, como uma ferramenta que investe no aperfeiçoamento do aluno, potencializando-o no crescimento de suas capacidades de desenvolvimento global, comprovando sua eficácia em termos de:Aprendizagem: desperta o desejo para a aprendizagem de forma geral; eleva o rendimento escolar; minimiza as dificuldades de expressão motora, a verbalização e a grafia; melhora a atenção, a assimilação de novos conteúdos; estimula a capacidade cognitiva e desenvolve a criatividade.

Comportamento: eleva a autoestima do aluno; ajusta positivamente o comportamento agressivo, o egoísmo e a falta de limites.

Socialização: facilita a integração em grupos sociais; potencializa segurança no aluno ao participar das atividades grupais e desenvolve o respeito mútuo.

O Ministério da Educação tenta elevar o padrão das nossas escolas executando inúmeros programas, mas questiona-se se o alcance esperado foi satisfatório, pois não observamos um resultado positivo na educação de base, na aprendizagem das séries iniciais.

Agência Trabalhista de Notícias (NM), com informações da Câmara Municipal de ManausFoto: Tiago Corrêa/CMM