Relatório de Gim defende contratação de seguro de vida para motoboy

PTB Notícias 24/03/2013, 9:22


Empresas que utilizam dos serviços de transporte prestados por motoboys poderão ser obrigadas a contratar seguro de vida e de invalidez permanente para esses ­profissionais.

É o que propõe projeto relatado pelo Líder do PTB no Senado, Gim Argello (DF), que a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) deve examinar na próxima terça-feira, às 10h.

De acordo com a proposta (PLC 83/2012), de autoria do então deputado Celso Russomanno, aprovada pela Câmara no ano ­passado, o seguro a ser contratado será de, no mínimo, 30 vezes o salário-base da categoria ou aquele registrado em carteira, prevalecendo o maior destes dois.

Poderão se beneficiar do seguro o próprio beneficiário, a esposa, os filhos e os irmãos.

Em seu relatório, Gim assinala que as estatísticas mostram o crescimento no número de acidentes envolvendo a categoria, o que expõe as famílias de forma particularmente mais aguda aos problemas decorrentes de acidentes que acarretem falecimento ou invalidez permanente.

fonte: Jornal do Senado