Créditos: Felipe Sanches/PTB-SC


Agência Trabalhista de Notícias - 19/04/2017, 16:49

Renato Hinnig assume PTB de Santa Catarina

Imagem

O ex-deputado estadual Renato Hinnig assumiu, nesta segunda-feira (17), a presidência do PTB de Santa Catarina. Realizada na Assembleia Legislativa, a solenidade de posse contou com a presença do primeiro-secretário do PTB, Norberto Martins, representando o presidente nacional do partido, Roberto Jefferson, da presidente nacional da Juventude do PTB, Graciela Nienov, do agora vice-presidente Francisco Cochi Camargo e de lideranças estaduais da sigla.

Em seu pronunciamento, o primeiro-secretário Norberto Martins lembrou de quando Cochi assumiu a presidência do PTB catarinense, em 2012, após a saída do deputado estadual Narcizo Parisotto, e agradeceu o trabalho dele à frente do partido. “O Cochi não titubeou, aceitou a missão de conduzir o PTB de Santa Catarina. E nesses anos todos como presidente, o partido jamais teve uma reprovação, pois soube conduzi-lo com lisura. E mais do que isso: agiu com lealdade e afinado com a Direção Nacional”, disse.

Norberto Martins ressaltou ainda que o PTB comemorou o ingresso de Renato Hinnig. De acordo com o dirigente, a experiência e a habilidade política de Hinnig, somadas à vivência partidária de Cochi, serão fundamentais para que o PTB seja um partido mais forte, representativo e competitivo em Santa Catarina.

“O Renato e o Cochi é o casamento que vai dar certo. Contamos com a dedicação dos dois e de todos os companheiros para que o partido se fortaleça em Santa Catarina, um Estado importante no cenário político nacional e fundamental na construção do nosso projeto político-partidário e de país. A união, o trabalho e a força de vontade de vocês serão essenciais para que alcancemos a vitória às urnas em 2018”, salientou Norberto Martins. A meta do novo presidente do PTB-SC é fazer um deputado federal e três estaduais.

Ao transmitir o cargo, Francisco Camargo disse que o PTB catarinense está em “boas mãos”. “Estou muito feliz com a conquista do PTB. Para nós é gratificante. O Hinnig é considerado uma das maiores lideranças políticas de Santa Catarina, e tenho absoluta certeza de que ele vai conduzir de forma positiva, para o partido, o processo eleitoral em todo o Estado. Com sua experiência e habilidade política, ele irá contribuir para o crescimento e a prosperidade do nosso partido num todo. Ele tem o perfil político e administrativo que é a marca do PTB”, afirmou Cochi, que assume o mandato de vice-presidente.

Em seu discurso, Graciela Nienov agradeceu Cochi pelo trabalho realizado nesses cinco anos à frente do PTB-SC, e deu boas-vindas a Renato Hinnig. Catarinense, Graciela disse que o partido precisa voltar a ser protagonista no Estado, no entanto, destacou que esse resultado só será possível com o comprometimento de todos. “O Renato será o nosso comandante, tem a missão de nos liderar. Mas o nosso apoio, a nossa dedicação e a nossa participação serão primordiais para que o ajudemos a fazer do PTB um partido forte e representativo em Santa Catarina”, afirmou.

Ressaltando a importância de fortificar o partido para as eleições de 2018, a presidente da JPTB disse ainda que, para que haja esse novo tempo de desenvolvimento do PTB catarinense, é preciso fomentar novas lideranças e incentivar a participação dos jovens e das mulheres na política.

“A juventude não é apenas o futuro da nação, mas também o seu presente. E as mulheres representam mais da metade da população brasileira, a maioria do eleitorado, e são responsáveis pelo sustento de milhares de famílias. Portanto, mais que dar atenção aos jovens e às mulheres e filiá-los, temos que preparar o partido para o futuro, pois assim ajudaremos a construir uma Santa Catarina e um Brasil melhor, com mais oportunidades e bem-estar a todos”, concluiu Graciela Nienov.

Desafios e metas

Em meio à solenidade prestigiada, Renato Hinnig agradeceu a receptividade de todos, em especial do presidente Roberto Jefferson, e falou sobre sua vinda para o PTB. “Sou movido a desafios e, tenham certeza, darei o meu melhor à frente do PTB. Mudar de partido não é fácil. Quero agradecer ao PMDB, sigla que me proporcionou grandes oportunidades em minha carreira política. Foram dois mandatos como deputado e diversos cargos ocupados. Mas, como disse, sou movido a desafios e precisava de um novo lugar, onde pudesse enxergar novas expectativas. É justamente isto que tenho encontrado no PTB: um cenário bastante promissor, cercado de pessoas altamente comprometidas”, disse.

Renato Hinnig destacou ainda as metas que pretende alcançar como presidente do PTB catarinense, sobretudo nas eleições de 2018. “Uma das minhas principais vai ser fortalecer o partido em todo o Estado, com nomes de pré-candidatos a vereador e prefeito, além de dar uma atenção maior para os municípios do interior. O projeto da nova direção do PTB de Santa Catarina é ‘socializar muito mais’ a legenda trabalhista, ‘fazer com que todos tenham voz e vez’”, declarou.

O novo dirigente adiantou que o foco será buscar lideranças comprometidas. “Nossa meta é ter lideranças e candidatos a deputado estadual e federal para fazer 200 mil votos nas eleições de 2018. O PTB estará de portas abertas para receber àqueles que estejam engajados em fazer uma política de responsabilidade e não encontram espaços em outras siglas”, encerrou.

Com informações do PTB de Santa Catarina