Requerimento de José Geraldo para saúde no Tocantins são aprovados

PTB Notícias 19/08/2007, 12:24


Durante a semana, diversos municípios tocantinenses como Pugmil, Aparecida do Rio Negro e Oliveira de Fátima foram beneficiados com requerimentos apresentados pelo deputado estadual José Geraldo (PTB) na Assembléia Legislativa de Tocantins.

Entre as benfeitorias estão as solicitações para a instalação de um laboratório de análises clínicas em Santa Maria, e o aumento das cotas de exames e medicamentos para Monte Santo.

“A instalação do laboratório irá agilizar o processo de diagnósticos das doenças agilizando com isto os tratamentos.

” O petebista também lembrou que no caso de Santa Maria, o centro laboratorial mais perto fica em Pedro Afonso, dificultando a realização de diversos exames para famílias de baixa renda.

De acordo com o parlamentar, essas propostas têm o objetivo de atuar diretamente nos problemas e facilitar o acesso dos cidadãos aos serviços da saúde estadual, especialmente do interior, que necessitam dos postos de saúde, de hospitais de pequeno porte e centros hospitalares para realizarem exames e consultas, amenizando assim as dificuldades encontradas e proporcionando um serviço de qualidade para a população tocantinense.

Dentre outros requerimentos está o pedido de uma ambulância para o município da Lagoa da Confusão.

“A cidade conta apenas com uma ambulância que está em péssimo estado de conservação, sendo necessário à aquisição de uma nova para fazer o deslocamento de pacientes que precisam ser atendidos em outras cidades” disse o petebista.

Desde o inicio dos trabalhos parlamentares, José Geraldo vem se dedicando às questões referentes à saúde pública e solicitando do governo uma maior atenção com o setor.

No mês de abril, ele ainda pediu do governo à apresentação do plano de ações que orienta o processo de gestão da saúde no Estado, mas os deputados governistas rejeitaram a solicitação no plenário.

“Se não dermos a atenção e o respeito que o assunto merece, seremos no mínimo, omissos e coniventes.

Não é possível aceitar o estado de coisas que temos presenciado nestes anos, é preciso uma reação séria e definitiva, se realmente quisermos tratar da saúde, da garantia da vida e da qualidade de viver” desabafou o deputado.

fonte: Assessoria do Deputado José Geraldo (PTB-SP)