Restabelecendo a verdade: PTB se pronuncia sobre o caso de Fadi Faraj

PTB Notícias 6/10/2021, 23:15


Imagem

Após ataques realizados na internet ao Partido Trabalhista Brasileiro e a membros da Executiva Nacional, o pastor Fadi Faraj, que ocupava a presidência da sigla no Distrito Federal, segue em processo de expulsão da agremiação. A decisão foi impulsionada pelas recorrentes manifestações inverídicas criadas e incentivadas por ele contra a instituição política e seus integrantes.

Além disso, o pastor fomentou a disseminação de fake news em vídeos e publicações em blogs locais, no qual espalha calúnias relacionadas à conduta da legenda, fato constituído como crime. Ademais, Faraj utilizou das redes institucionais do PTB do DF para tais atos. De acordo com Artigo 138 do Código Penal Brasileiro, a calúnia faz parte do conjunto de crimes contra a honra, junto com a injúria e a difamação.

Portanto, Fadi Faraj, ao estimular a disseminação de notícias falsas e atacar os membros da Executiva Nacional de forma leviana, cometeu crime. Por essa razão, o Partido Trabalhista Brasileiro informa que ele será processado criminalmente em razão da infringência às leis penais.

O partido reitera que, durante os cinco meses que permaneceu à frente da legenda na Capital, não cumpriu com suas obrigações de organizar a sigla.