Reunião com presidente da Câmara decide ocupação de cargos para 2011

PTB Notícias 10/01/2011, 15:28


Em mais uma etapa de conversas para a sua eleição como presidente da Câmara, o deputado Marco Maia (PT-RS) fez reunião na última quinta-feira (06/01), em Brasília, com o PTB.

A exigência do partido para confirmar o apoio ao petista é, “no mínimo”, a permanência dos cargos que ocupa hoje dentro da Casa: uma presidência de comissão e uma titularidade na Mesa Diretora.

Atualmente, o PTB comanda a Comissão do Trabalho e a quarta-secretaria.

A ideia é manter Nelson Marquezelli (PTB-SP) na Mesa, mas ainda não há definição de um nome para comissão.

“Isso aqui é um jogo de forças e nós queremos, no mínimo, manter o que já temos hoje.

Pode ser uma comissão equivalente à do Trabalho, mas queremos uma presidência e a Mesa”, disse o líder da bancada, deputado Jovair Arantes (PTB-GO).

Questionado sobre a possibilidade de o partido apoiar outro candidato, que não seja Marco Maia, Arantes respondeu: “eu sou adepto ao lema de quanto mais candidaturas melhor.

Acho a imposição muito ruim”.

Assim como o PMDB e o PDT, o PTB também usa o salário mínimo para conseguir o seu desejo na Câmara.

“Temos a obrigação de votar o salário mínimo, mas eu não me sinto bem, tendo um salário acima da média ter que votar.

Por mim, eu colocaria um valor muito maior”, disse Arantes.

Agência Trabalhista de Notícias com informações do site BOL