Ricarte não acredita em investigação

PTB Notícias 13/06/2006, 13:34


O deputado Ricarte de Freitas (PTB-MT) acredita que a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigará o envolvimento de parlamentares na máfia das ambulâncias veio fora de hora e não conseguirá se aprofundar nas investigações.

De acordo com ele, o período pré-eleitoral e a proximidade dos esforços concentrados para limpeza de pauta desmobilizarão os deputados.

“Em período eleitoral vai se fazer uma CPI de 30 dias prorrogáveis por mais 30.

Não vai dar tempo de mexer com nada”, disse.

Além do período eleitoral, Ricarte citou outros fatores que irão atrapalhar as investigações da CPI.

“Temos a Copa do Mundo acontecendo agora, e isso também desmobiliza um pouco”, frisou.

Outra questão abordada foi a ausência de deputados durante o mês de junho.

“Quase nenhum deputado do Nordeste aparece no Congresso por causa das festas juninas, que são comemorações importantes para eles”.

Após citar esses fatores, Ricarte comentou que a Polícia Federal e o Ministério Público estão fazendo um bom trabalho de investigação.

“Não sei como vai se desenrolar a CPI, e acho que a justiça já está fazendo as investigações necessárias”, ponderou.

Jornal Folha do Estado – MT