Roberto Jefferson abre reunião da Executiva do PTB homenageando Collor

PTB Notícias 12/08/2009, 12:44


O Presidente Nacional do PTB, Roberto Jefferson, abriu nesta quarta-feira (12/8) a reunião da Executiva Nacional do partido, na sede do Diretório em Brasília, fazendo uma saudação especial ao senador Fernando Collor, aniversariante do dia.

Segundo Jefferson, o verdadeiro campeão tem que primeiro saber apanhar para depois aprender a bater.

E para o Presidente do PTB, Collor é um campeão na política porque teve resistência para enfrentar sozinho, com galhardia, o sofrimento na época em que passou pelo processo de impeachment.

“Saber apanhar é a arte da luta.

Hoje vemos que todos tentam impedir as CPIs de funcionar, mas o ex-presidente Fernando Collor permitiu que a CPI – que no final acabou o levando ao impeachment – funcionasse plenamente e avançasse em suas investigações.

Na época ele não se rendeu, não baixou a cabeça, enfrentou todos os 100 processos contra ele no Supremo Tribunal Federal.

No final todos foram arquivados.

Na época não havia sociedade organizada, e ele passou pelo processo praticamente indefeso, com capacidade de resistir às agressões e violências despejada contra ele”, disse Jefferson.

O Presidente do PTB afirmou que ficou feliz em ver agora sua volta ao Senado, principalmente neste episódio de sua reação aos discursos do senador Pedro Simon.

Roberto Jefferson lamentou que não apenas a mídia, mas também o Ministério Público e até mesmo a CNBB só procurem degradar a classe política brasileira.

“A Constituição diz que o poder emana do povo e de seus representantes, mas estamos vendo que o poder parece emanar do concurso público.

E o Ministério Público se associou à mídia para poder demolir imagens, nomes, figuras, A vida pública está se tornando um cano de esgoto, e eu aprendi com meu avô que não passa um filete de água pura pelo esgoto.

E uma das grandes vítimas desse processo foi o presidente Collolr.

E ele foi um democrata ao enfrentar com galhardia o duro processo que sofreu.

Collor sempre teve capacidade de resistir e apanhar, e agora optou por se transformar.

Quero render minha homenagem a ele no dia de seu anivesário, eu que testemunhei o seu sofrimento, e testemunho agora o seu renascimento.

Entre a opinião e a razão, o senador Collor fica do lado da razão”, disse o Presidente do PTB na abertura da Executiva Nacional.

(?page=FotosPage&gal=162) Clique aqui para ver fotos da reunião da Executiva NacionalAgência Trabalhista de Notícias