Roberto Jefferson comenta em seu blog sobre denúncias contra Petrobras

PTB Notícias 20/02/2011, 11:48


Leia abaixo comentários do Presidente Nacional do PTB, Roberto Jefferson, publicados em seu blog na internet ( (http://www.

blogdojefferson.

com/) www.

blogdojefferson.

com), neste domingo (20/02):O petróleo é deles O Globo deste domingo denuncia que a Petrobras vem aumentando cada vez mais o número de servidores terceirizados em seu quadro, e pior, usando essa mão de obra em atividades estratégicas de alto risco, como na fiscalização da prospecção de petróleo nas plataformas.

De acordo com o jornal, já são mais de 291 mil os terceirizados da estatal, número que cresceu 150% nos últimos oito anos (em 2003 eram 123 mil).

Enquanto isso, nossa gasolina segue como uma das piores e mais caras do mundo.

No Brasil, cada vez mais o petróleo é dos “companheiros”.

Segundo tempo das denúnciasO “Estadão” denuncia que o PC do B, no comando do Ministério do Esporte, tem utilizado o programa “Segundo Tempo” para obter dividendos eleitorais e financeiros.

Segundo o jornal, o Ministério repassa recursos do programa para entidades de fachada ligadas ao partido, e as mesmas recebem verbas mas não cumprem sua parte no contrato, entregando núcleos esportivos para comunicades carentes.

Para quem não se lembra, essas denúncias estiveram na ordem do dia da CPI das ONGs do Senado, mas como o relator da comissão era o senador Inácio Arruda, do mesmo PC do B, as investigações não evoluíram, principalmente nas quebras de sigilo e acesso á prestação de contas.

Será que agora vai?Pasta em processo de desidrataçãoAs novas denúncias do jornal Estado de S.

Paulo sobre irregularidades no programa “Segundo Tempo” complicam ainda mais a vida do já enrolado ministro dos Esportes.

E para piorar, surgem no mesmo momento em que as lideranças do governo afirmam que, passada a votação do salário mínimo, a prioridade agora do Congresso será aprovar a Medida Provisória que cria a Autoridade Pública Olímpica, retirando do Ministério do Esporte a responsabilidade pela organização das Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro.

O ministro já está perdendo os Jogos Olímpicos, e está arriscado agora a ver não só sua pasta perder densidade na organização da Copa do Mundo, como ver ameaçada sua própria permanência no cargo.

O céu é o limiteO Banco do Brasil anunciou que fechou 2010 com o maior lucro líquido de toda a história do sistema bancário brasileiro ? R$ 11,7 bi.

Certamente outros recordes ainda virão, mas, assim mesmo, os banqueiros querem mais.

Defendem que, para combater a inflação, o BC eleve a taxa básica de juros por um período mais longo, o que faria com que a Selic fechasse o ano em 12,50%, acima, portanto, da aposta anterior – 12,25%.

É isso aí, quem pode, pode, quem não pode, se sacode.

E além de sacudir, se endivida cada vez mais no cheque especial e no cartão de crédito.

Viúvas insatisfeitasSegundo a coluna Panorama Político, de O Globo, os ministros que integram o núcleo duro de Dilma Rousseff estariam impressionados com sua obstinação pelo gerenciamento da máquina governamental.

Diz a coluna que Dilma, quando está no Palácio do Planalto (quase sempre), passa o dia acionando ministros e funcionários graduados, das mais diversas áreas, e cobrando respostas às demandas do governo.

A presidente gosta do trabalho pesado e dispensa o oba-oba, o que é bastante salutar, mas o curioso é notar o quanto isso vem incomodando as viúvas do ex-presidente.

Tanto os membros do governo que vieram da administração passada como jornalistas ligados ao Palácio do Planalto não cansam de afirmar que a grande imprensa só elogia Dilma para fustigar Lula.

Para esse pessoal, os acertos de Dilma só estariam sendo destacados por conta da má vontade com o ex-presidente, como se o mundo continuasse girando em torno do umbigo dele.

Como dizia o saudoso Bussunda: fala sério.

Carpideiras em desesperoE por falar nas viúvas de Lula, uma matéria de O Globo deve azedar ainda mais o domingo de quem tem se incomodado com as comparações entre o governo atual e o anterior.

De acordo com o jornal, Dilma conseguiu, em seu primeiro teste no Congresso Nacional, uma façanha que nem Lula foi capaz de realizar: obter a unanimidade dos votos do PMDB para um projeto de interesse do governo.

Dilma, entretanto, ainda não conseguiu um outro feito que Lula não registrou em sua passagem pela presidência: obter 100% de votos do PT nas matérias de interesse do Palácio do Planalto.

Mas do jeito que ela está indo, um dia chega lá, para desespero das carpideiras.