Roberto Jefferson critica procurador-geral Antonio Fenando de Souza

PTB Notícias 22/08/2007, 15:45


O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, criticou hoje (22/08), o o procurador-geral Antonio Fernando de Souza, em seu blog na internet.

Leia a nota na íntegra:O papa-hóstia 1 Embora tenha incluído o nome de ministros e da cúpula do partido na denúncia do mensalão, pois não havia como deixar de fazê-lo, o procurador-geral, Antonio Fernando de Souza, joga com o governo do PT.

Deixou isso claro quando incluiu meu nome, me descredenciando, impedindo-me de avançar, mesmo reconhecendo que tudo que eu dissera tinha sido comprovado.

Na verdade, ele atuou, apenas, como assistente de acusação.

Nada acrescentou.

Ele não considerou que, quando tratei com o PT, eu não imaginava que o partido da ética assaltava os cofres públicos.

O papa-hóstia 2Mas, procurador, eu tenho do senhor a mesma desconfiança em mim depositada.

Aliás, desconfio de todo homem que vive genuflexo em sacristia e papando hóstia.

E batendo no peito em nome da ética e da moral.

Todos os que eu vi antes eram hipócritas.

Será você, dom Antonio Fernando, a exceção?O papa-hóstia 3O ex-procurador Aristides Junqueira, que já foi o Robespierre da República, o incorruptível, o implacável, descobriu-se depois, na CPI do Mensalão, foi remunerado por milionários honorários provenientes de caixa dois sem declará-los ao Imposto de Renda.

Dom Antonio Fernando, eu desconfio de todo moralista.