Roberto Jefferson destaca capacidade e comprometimento do ministro Ronaldo Nogueira

Felipe Menezes 22/08/2016, 23:17


Imagem Crédito: Neto Sousa/PTB Nacional

[vc_row][vc_column][vc_column_text css=”.vc_custom_1471921889363{margin-bottom: 0px !important;}”]O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, e o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, participaram neste domingo (21) do lançamento oficial da campanha de Paulo Arsego à Prefeitura de Carazinho (RS).

O evento, realizado no CTG Rincão Serrano, foi prestigiado por mais de 800 pessoas e contou com a presença do primeiro-secretário do PTB, Norberto Martins; da presidente nacional da Juventude do PTB, Graciela Nienov; da vice-presidente nacional do PTB Mulher e diretora financeira da Fundação Ivete Vargas (FIV), Marli Iglesias; do diretor administrativo da FIV, Ivan Louzada; dos candidatos a vereador e demais lideranças do município e região.

Em seu discurso, Roberto Jefferson destacou a capacidade e o comprometimento de Ronaldo Nogueira como ser humano e homem público, classificando-o como uma pessoa humilde, serena e sensata. O presidente contou também que o nome de Ronaldo foi uma escolha unânime de todo o partido para assumir o Ministério do Trabalho no governo do presidente Michel Temer.

Natural de Carazinho, Ronaldo Nogueira foi quatro vezes consecutivas vereador e está em seu segundo mandato como deputado federal. Licenciou-se no dia 12 de maio deste ano para assumir a pasta do Trabalho.

“Ronaldo Nogueira é um homem sério, bom, de caráter, com força moral, que diz com brandura e candura das suas ideias e das suas convicções. E vejo que sorte tem Carazinho neste momento histórico de uma eleição que se avizinha nos 40 próximos dias, quando Carazinho vai escolher o [Paulo] Arsego e o [João] Hartmann prefeito e vice-prefeito tendo o maior representante da cidade como ministro de Estado. Quisera eu que fosse ele ministro da cidade de Petrópolis (RJ), mas Deus quis que ficasse para Carazinho esse prêmio. E eu tenho certeza que esta cidade avançará 20 anos em dois anos”, disse o presidente do PTB.

Ainda em seu discurso, Roberto Jefferson lembrou aos presentes que Carazinho deu ao Brasil outro líder nacional: Leonel Brizola, ex-governador do Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro. Também exerceu os cargos de prefeito de Porto Alegre e de deputado estadual e federal. Brizola integrou os quadros do PTB, tendo sido um dos expoentes do partido. Foi o fundador do Partido Democrático Trabalhista e ex-candidato à Presidência da República.

“Agora Carazinho devolve outro grande brasileiro ao cenário nacional”, ressaltou o presidente do PTB. “Honrem-se do filho que vocês têm na terra, honrem-se do irmão de nascituro que é o Ronaldo. Ele engradece o coração de vocês e o nosso do PTB festeja, eleva e nos coloca numa posição muito boa no cenário nacional, de muito respeito e admiração”, concluiu Roberto Jefferson.

Desenvolvimento e direitos do trabalhador

O ministro Ronaldo Nogueira iniciou seu discurso agradecendo a presença do presidente do partido em Carazinho. Foi a primeira vez que Roberto Jefferson esteve nesse município gaúcho, localizado a cerca de 285 km de Porto Alegre.

Sobre as eleições, Ronaldo Nogueira acredita que a coligação “Novas Ideias, um novo Carazinho”, da qual o PTB é o cabeça de chapa e é composta também por PSDB, PROS, PSC, PSD e SD, vai vencer o pleito deste ano. Entretanto, Ronaldo salientou que a eleição ainda não está ganha. Na ocasião, o petebista falou a respeito do projeto a ser desenvolvido na cidade.

“Os prefeitos que já passaram foram importantes para o seu tempo, agora é o novo tempo, as novas ideias. Não podemos decidir em cima de inspirações vãs. Agora as decisões precisam ser tomadas a partir de um plano de governo, de dados estatísticos e daquilo que se conhece. E nós sabemos o que queremos fazer a partir de 2017”, afirmou Ronaldo, acrescentando que a proposta é fazer com que Carazinho seja a cidade líder no desenvolvimento da região. “Queremos gerar emprego e renda para o nosso povo, para que não tenhamos em Carazinho mais pessoas desempregadas. E nós temos credencial para fazer isso. O Arsego e o João estão preparados e fazem parte de um conjunto que tem compromisso com Carazinho, e nós vamos fazer esta cidade se desenvolver.”

Na ocasião, o ministro afirmou que o PTB não vai deixar mexer nos direitos do trabalhador. Segundo Ronaldo Nogueira, esses direitos estavam ameaçados até o dia 12 de maio deste ano. Nesta data, Dilma Rousseff foi afastada da Presidência da República. O ministro destacou que a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) foi feita pelo ex-presidente Getúlio Vargas, patrono do partido. Dessa forma, como frisou Ronaldo, o trabalhismo é o legado do PTB.

“Salário mínimo, décimo terceiro, férias, jornada de trabalho. Todos os benefícios que o trabalhador fez foi o PTB. Quem não teve capacidade de conduzir a política econômica de um país imenso e rico como o Brasil, que levou mais de 11 milhões de pessoas ao desemprego, e o pior: não é só pela incapacidade, mas pela institucionalização da corrupção, não tem moral para dizer que uma pessoa que cortou grama e trabalhou em oficina mecânica em Carazinho vai tirar os direitos do trabalhador. Isso não vai acontecer. Se eles nunca enfrentaram na frente um Davizinho que tem coragem de enfrentar o Golias, pois agora eles vão enfrentar. Nós vamos fazer as reformas necessárias para trazer segurança jurídica, para atualizar a legislação, mas mexer em direito do trabalhador nós não vamos mexer”, afirmou Ronaldo Nogueira.

Confira abaixo a galeria de fotos do encontro em Carazinho.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][cq_vc_compareslider images=”2148,2147,2150,2151,2152,2153,2155,2156,2159,2160,2161,2162,2163″ transitionstyle=”false” autoslide=”0″][slidedesc][/slidedesc]
[slidedesc][/slidedesc]
[slidedesc][/slidedesc][/cq_vc_compareslider][/vc_column][/vc_row]