Roberto Jefferson, em comunicado da prisão, pede licença da presidência do PTB

PTB Notícias 24/10/2021, 21:50


Imagem

Em comunicado por escrito feito a seu advogado, antes de ser internado no pronto-socorro do Complexo Penal de Gericinó, Roberto Jefferson anunciou seu pedido de licença, por prazo indeterminado, da Presidência do Partido Trabalhista Brasileiro. Roberto Jefferson relatou, na carta divulgada por sua defesa, que por conta da prisão preventiva não tem podido exercer a gestão partidária, inclusive por conta das limitações impostas pelas normas da Secretaria Penitenciária.

O presidente do PTB, ao explicar seu pedido de licença, afirma que o partido precisa agir com desvelo e agilidade neste momento, e que sua atual condição não permite a ele que imprima esta rapidez e cuidado nas decisões partidárias. Roberto Jefferson afirma ainda que a vice-presidente, Graciela Nienov, está pronta para o pleno exercício da função de presidente do PTB, além de contar com o apoio da quase totalidade do Diretório Nacional do partido, assim como da ampla maioria dos presidentes dos diretórios regionais.

Roberto Jefferson foi diagnosticado na última sexta-feira com o reaparecimento de problemas nos rins. Foi internado na última sexta (22/10) e voltou para a cela. No entanto, neste sábado, teve um “mal súbito”, e foi novamente internado no pronto-socorro do Complexo Penal, com quadro de febre alta, pressão baixa, taquicardia, dor na região do fígado e acúmulo de líquido nas perdas. Segundo as últimas informações, Roberto Jefferson seguirá internado até terça-feira, quando fará um exame de ultrassonoagrafia.

Foto de Weleson Nascimento.