Roberto Jefferson espera que PTB-TO saia fortalecido nas eleições de 2012

PTB Notícias 16/06/2011, 11:41


O presidente Nacional do Partido Trabalhista Brasileiro, Roberto Jefferson, afirmou na última quarta-feira (15/06/2011), durante o 3º Seminário Sobre Política e Marketing Eleitoral do PTB de Tocantins, realizado na Assembleia Legislativa, em Palmas, para cerca de 350 pessoas, que a legenda no estado precisa lançar candidatos para disputar as eleições municipais de 2012 para tentar assumir o papel de protagonista no cenário político no estado, em vez de viver de coadjuvante.

De acordo com o líder petebista no estado, deputado estadual José Geraldo, há, hoje, seis prefeitos, 11 vices e 56 vereadores petebista.

Segundo Jefferson, a meta do partido é, pelo menos, dobrar o atual número.

“Eu tenho fé no Tocantins”, sustentou Roberto Jefferson, que, por isso, espera sair no próximo certame eleitoral com o Tocantins fortalecido.

Cauteloso, porém, quer apenas, segundo ele, dobrar o número de prefeitos e de vereadores, sobretudo o primeiro, onde a meta é, no mínimo, para 10.

“Não vamos sonhar em crescer muito também, mas crescer o que é possível crescer”, disse, garantindo o comprometimento da Direção Nacional com a Regional de Tocantins para apostar no crescimento da legenda no estado, porque, de acordo com ele, só tem torcida o time que entra em campo para jogar.

“Se o PTB não joga, ele fica como um partido coadjuvante, subsidiário.

Temos que botar o time em campo, disputar eleição.

Não vamos fazer maluquices, mas se tiver chances de disputar eleição para prefeito e vereador, vamos disputar.

Só cria o sentimento se a gente disputa eleição”, destacou Jefferson.

O presidente nacional ressaltou que vai acompanhar de perto a movimentação do PTB-TO, para não transformá-lo em “menino no peão de rodeiro”.

Segundo o líder do partido, se não vigia, “ele vai para o meio da arena e cai com o nariz no chão.

“Além disso, o presidente Roberto Jefferson, que considerou que o PTB se identifica com o estado tocantinense, em virtude de o partido querer começar de novo, de querer plantar semente de raiz forte para colher bons frutos, frisou que quem entrar no partido com compromisso de concorrer as eleições, independentemente do cargo, vai disputar o pleito pelo qual pretende se candidatar pelo PTB.

“Não vamos estimular ninguém a subir no ponto de selvagem para bancar o palhaço de picadeiro”, adiantou.

“Se nós vamos entrar, levaremos, daremos força para que ele tenha condições de vencer.

Queremos garantir qualidade de disputa, crescer junto ao lado de cada um”, salientou Roberto Jefferson, acompanhado por Ivan Louzada, presidente do PTB do Mato Grosso do Sul e vice -presidente da Fundação Instituto Getúlio Vargas.

José Geraldo acrescentou que a metodologia da legenda de fazer política é aquele partido que, além de ser composto por pessoas que proporcionam debate, que constrói tudo com os seus líderes, de maneira democrática, é, também e, sobretudo, onde se valoriza o filiado, que oferece segurança ao pré-candidato que será candidato, e terá apoio para ganhar eleição.

“Reconheço no partido como um porto seguro, que tem toda a credibilidade quanto aos seus filiados, e que ele sempre vem desenvolvendo projetos ele tem respaldo para ir até o final”, afirmou o parlamentar.

“Nós estamos construindo, com os nossos líderes no estado, que essa estrutura partidária possa ser não só reconhecida pelos que irão disputar a eleição, mas todos aqueles que, às vezes, sonham em ser, mas acham que não terão o respaldo partidário que precisam.

” O deputado estadual, que enfatizou aos petebistas de que é a hora de arregaçar as mangas, para construir a base que dará sustentação as municipais de 2012, acredita que o partido, tanto no âmbito nacional quanto regional, principalmente, haverá de fazer bonito no próximo ano, para que a partir desta época o PTB-TO construa um 2014 mais pujante, tendo a força para eleger mais deputados estaduais, federais, e, também, disputar junto com a majoritária.

“O PTB tem condições para isso.

Nós só precisamos estar juntos”, avisou José Geraldo.

Já Roberto Jefferson concluiu dizendo que “nós vamos fazer do PTB um partido de futuro porque sabemos que o Tocantins é um estado de futuro, e futuros sem combinam.

” “Queremos nessa aposta fazer a semente boa germinar aqui, e depois nós vamos querer esparramar por todo o Brasil essa missão de sucesso, esse sabor de vitória, esse gosto da conquista, e o PTB de Tocantins vai dar exemplo a todo do Brasil das conquistas que fará nas eleições de 2012”, prevê o presidente do partido.

“Quando o PTB copiar o sucesso nacional que será retumbante em Tocantins, vai ser um partido muito maior”, concluiu.

Agência Trabalhista de Notícias (Felipe Menezes)Foto: Felipe Menezes