Roberto Jefferson lamenta acidente e se solidariza com famílias de vítimas

PTB Notícias 27/01/2013, 15:41


Leia abaixo comentários do Presidente Licenciado do PTB, Roberto Jefferson, publicados em seu blog na internet ( (http://www.

blogdojefferson.

com/) www.

blogdojefferson.

com) neste domingo (27/01?2013):Domingo de luto O Brasil está de luto por conta do incêndio na boate Kiss, na cidade gaúcha de Santa Maria, que causou 245 mortes e feriu mais de 200 pessoas, a grande maioria jovens.

A tragédia, que atingiu tal proporção pela falta de condições de segurança da boate, é a maior ocorrida no Rio Grande do Sul, e lembrou o incêndio em um circo que se apresentava em Niterói (RJ), em 1961, quando 500 pessoas morreram.

Registro meu pesar pelo acidente e deixo minha solidariedade aos pais, amigos e parentes das vítimas.

Que Deus conforte as famílias de Santa Maria.

Atitude louvável É preciso destacar a atitude da presidente Dilma, de cancelar sua agenda no Chile e seguir para Santa Maria, oferecendo solidariedade às famílias e colocando a máquina governamental a serviço das pessoas.

Assim deve agir um(a) presidente(a): estar junto da população na alegria e na tristeza, na saúde e na doença.

Por enquanto, só conversa O “Estadão” destaca neste domingo o conteúdo de conversas obtidas a partir dos mais de 25 mil telefonemas gravados pela Polícia Federal quando grampeou a quadrilha de Rosemary Noronha, a ex-chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo.

Nos áudios, Rose e os irmãos Vieira aparecem conversando, conversando, conversando.

E apesar de Lula ser citado nas conversas, não há nos áudios qualquer revelação bombástica.

Batom na cueca, se tem, ainda não apareceu.

Mas o cerco ao ex-presidente continua.

Mais tumultos à vista Quanto mais se aproximam as eleições para as presidências da Câmara e do Senado, mais aumenta a pressão da imprensa em cima dos dois favoritos para a disputa e, em consequência, tem-se o aumento da temperatura nos bastidores de um Congresso ainda de recesso.

No Senado, Renan Calheiros é acossado pela Procuradoria-Geral da República, que apresentou denúncia contra o senador alagoano em inquérito ainda desconhecido.

Na Câmara, Henrique Alves, alvo de denúncias sobre tráfico de influência, recebeu reprimenda pública de seu colega de partido Geddel Vieira Lima.

As eleições para o comando das duas casas do Congresso estão cada vez mais tumultuadas.

Álcool, o vilão Passou quase despercebida a notícia divulgada há alguns dias de que o laudo médico a respeito da morte da cantora Any Winehouse, ocorrida em 2011, detectou como causa do óbito a ingestão excessiva de álcool.

A cantora, que lutava contra o uso abusivo de drogas e álcool, foi encontrada morta em sua casa em Londres em meio a garrafas vazias de bebidas.

O laudo afirma que o nível de álcool no sangue de Amy estava cinco vezes acima do permitido para dirigir.

Amy foi mais uma a engrossar estatísticas da Organização Mundial de Saúde que mostram que aproximadamente 4% das mortes em todo o mundo são decorrentes do álcool.

Apesar de Amy ter sido bastante criticada em sua carreira por conta dos problemas com as drogas, foi o álcool que acabou tirando sua vida, o que mostra que esta droga lícita é tão grave e corrosiva para as pessoas quanto as drogas consideradas ilícitas.

A sociedade precisa estar atenta a este problema.