Roberto Jefferson participa de solenidade dos 80 anos do ex-presidente FHC

PTB Notícias 30/06/2011, 18:30


O Presidente Nacional do Partido Trabalhista Brasileiro, Roberto Jefferson, participou nesta quinta-feira (30/06/2011), de evento realizado pelo PSDB para homenagear o ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso pela passagem de seu aniversário de 80 anos.

A cerimônia, que aconteceu no Auditório Petrônio Portella, no Senado Federal, foi conduzida pela atriz Fernanda Montenegro e encheu o auditório de senadores, deputados, ministros de tribunais superiores e autoridades do cenário político brasileiro.

O líder da legenda petebista, Roberto Jefferson, compôs a mesa principal ao lado do presidente do PSDB, deputado federal Sérgio Guerra (PE), do ministro da Defesa, Nelson Jobim, do líder do DEM, senador Demóstenes Torres (GO), dos governadores tucanos Simão Jatene, do Pará, e Teotônio Vilela, de Alagoas, dos ministros do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes, Ellen Gracie e do ex-ministro Carlos Velloso, entre outras autoridades.

Do PTB, prestigiaram também a solenidade o presidente da Fundação Instituto Getúlio Vargas, Benito Gama, o Primeiro Secretário-Geral do PTB Nacional, Norberto Martins, e o Secretário de Comunicação, Honésio Ferreira.

“Eu quando jovem era mais velho do que sou hoje.

Jovem muito certinho, desjeitoso nos esportes.

Era feioso, me fechava nos livros.

Hoje me sinto mais jovem do que me sentia naquela época, essa espécie de renascimento aos 80 anos.

Na medida do possível tentarei.

Vai ser difícil, mas tentarei os conselhos e impulsos despertados aqui.

A essa altura só quero uma coisa: ser amado e amar.

Eu amo vocês, sou amado, sou feliz”, disse FHC ao discursar no evento.

Em seu blog, Roberto Jefferson saudou o aniversário de 80 anos e a virtude do ex-presidente da República.

“FHC desfia toda sua lucidez e mostra que está de bem com a vida, falando abertamente sobre seu período de governo, das brigas com o PT, da carta que recebeu da presidente Dilma com elogios às realizações do seu governo, analisa as diferenças entre o estilo dela e o de Lula, os novos desafios da oposição, e também da sua nova causa, sobre as drogas, além de muitas amenidades”, comentou o líder petebista.

Agência Trabalhista de Notícias, por Felipe Menezes e Ivana Souzafotos: Cadu Gomes