Roberto Jefferson tenta atrair Pedro Pedrossian e Levy Dias para PTB

PTB Notícias 14/05/2009, 13:54


O Presidente Nacional do PTB, Roberto Jefferson, chega a Campo Grande na tarde desta quinta-feira (14/5), para avalizar novas filiações em Mato Grosso do Sul e atrair duas figuras históricas de volta para o partido: o ex-governador Pedro Pedrossian e o ex-senador Levy Dias.

O presidente do partido em Mato Grosso, o vice-prefeito de Cuiabá, Chico Galindo, também vem à Capital.

Pouco depois de desembarcar no Estado, Roberto Jefferson e os petebistas devem seguir à casa de Pedrossian, onde devem, novamente, convidá-lo a engrossar os quadros do partido.

A esposa de Pedrossian, Maria Aparecida, confirmou que a família já andou conversando com o PTB, mas diz que por enquanto não há na certo nesse sentido.

“O que a gente sempre quis foi agregar partidos”, diz Maria Aparecida.

Ela, o ex-governador e os filhos Pedro Pedrossian Filho, o Pepe, e Rosa, se filiaram neste ano ao PMN, com projeto de candidatura ao governo do Estado em 2010.

O presidente estadual do PMN, Adalto Garcia, diz que o partido [PTB] vem assediando a família Pedrossian.

O presidente regional do PTB, Ivan Lousada, diz que além do ex-governador, a sigla quer investir politicamente no ex-senador Levy Dias, e acredita que em até 15 dias já consiga concretizar a filiação dele e de seu grupo político, que inclui também seu filho, conhecido como Levyzinho, atualmente filiado ao PSDB.

O Presidente do PTB, Roberto Jefferson, participa também, na sexta-feira, às 9 horas, de uma solenidade de filiações, que inclui o empresário Zelito Ribeiro e o ex-prefeito de Aquidauana José Henrique Trindade.

O evento será realizado na Câmara Municipal.

Os dois deixam o PMDB.

Trindade já foi do PTB e agora retorna á sigla.

Ainda é aguardado, na visita a Campo Grande, o presidente da Fundação Instituto Getúlio Vargas, ex-deputado federal Benito Gama (BA).

Segundo Lousada, a vinda dele ainda não está confirmada, pois ele teve que assumir interinamente a superintendência da Sudene (Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste).

Lousada ressalta que todas as movimentações visam as eleições do próximo ano.

O PTB não descarta fazer alianças, mas pretende ter força suficiente para oferecer bons nomes às chapas.

fonte: Midiamax News