Romeu Tuma diz que adiar reunião do Conselho de Ética é impraticável

PTB Notícias 29/07/2009, 8:57


O senador Romeu Tuma (PTB-SP) afirmou, nesta terça-feira, 28/07, que não é contra a realização de uma reunião em caráter de emergência do Conselho de Ética para discutir as denúncias feitas contra o presidente da Casa, José Sarney.

Tuma afirmou considerar o adiamento do encontro marcado para o dia 5 de agosto “impraticável”.

– A reunião de emergência tem uma discussão que é regimental ou não.

Mas tem uma reunião marcada para o dia 5, e não tem prognóstico de adiamento.

Isso seria impraticável – disse o senador, que é corregedor da Casa.

– Tem muitos senadores do conselho que não estão nem por perto.

Mas eu não sou contra.

Sou a favor de qualquer coisa que dê rapidez nessa angústia, nessa agonia que o Senado vem sofrendo.

O Senado não pode morrer – completou.

Na última quarta-feira, o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) disse que iria pedir uma convocação de emergência do Conselho de Ética do Senado para analisar as denúncias.

Tuma deu as declarações, após visitar o vice-presidente, José Alencar, que está internado no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde se recupera de cirurgia.

* Agência Trabalhista de Notícias com informações do jornal Zero Hora