Ronaldo Santini busca alternativas para evitar fechamento de UTI de hospital no RS

PTB Notícias 4/07/2016, 17:02


Imagem Crédito: Mayara Dalla Libera/Divulgação

[vc_row][vc_column][vc_column_text css=”.vc_custom_1467662221121{margin-bottom: 0px !important;}”]Como presidente da Frente Parlamentar de Apoio as Santas Casas e Hospitais Filantrópicos da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, o deputado Ronaldo Santini (PTB) está buscando alternativas para evitar o fechamento da UTI do Hospital Nossa Senhora da Oliveira de Vacaria.

O parlamentar procurou apoio do governo gaúcho, por meio do secretário da Casa Civil, Márcio Biolchi, e do secretário-geral de Governo, Carlos Búrigo, para a liberação do certificado de filantropia da entidade hospitalar junto ao Ministério da Saúde. Na reunião, que contou com a presença do deputado estadual Vilmar Zanchin (PMDB), os secretários se comprometeram de acompanhar pessoalmente o caso.

Ronaldo Santini enfatizou a importância da Casa de Saúde para a região dos Campos de Cima da Serra. “Não podemos admitir que a filantropia do Hospital Nossa Senhora da Oliveira seja questionada neste momento, colocando em risco o atendimento de milhares de pessoas”, exaltou.

O petebista destacou ainda que está mobilizando forças políticas em Brasília para solucionar o impasse. Recentemente esteve na capital federal, acompanhado do vereador Marcos Lima, onde tratou desta questão. “Há pouco tempo contatei o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, para que pessoalmente contatasse o ministro da Saúde, Ricardo Barros, e relatasse a situação do Hospital de Vacaria.”

Ronaldo Santini ainda discutiu o tema com o deputado Covatti Filho (PP-RS), correligionário do ministro Ricardo Barros, para que interceda no Ministério da Saúde neste processo de liberação da filantropia. “Agora, após esta mobilização, teremos uma agenda em Brasília, onde vamos unir forças e tentar vencer as dificuldades que o hospital vem enfrentando”, expôs Santini. Vilmar Zanchin acrescentou que o Hospital Nossa Senhora da Oliveira atende 11 municípios da região, sendo referência na área hospitalar, precisando ser fortalecido.

Na Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa gaúcha, Santini reforçou a manifestação dos secretários municipais de Saúde dos Campos de Cima da Serra, que apresentaram aos parlamentares a crise do Hospital de Vacaria, que está por fechar a UTI por falta de recursos.

“A rede hospitalar filantrópica vem perdendo recursos ao longo do tempo. O IHOSP era um programa do governo anterior que complementava a defasada tabela do SUS [Sistema Único de Saúde], incentivo que foi suspenso pelo governo atual. São políticas de gestão que tivemos que aceitar. Porém, esse hospital, assim como toda rede hospitalar filantrópica, precisa receber pagamentos de serviços prestados anteriormente contratualizados e ter uma regularidade nos repasses”, argumentou.

O presidente da Frente Parlamentar acompanhou o superintendente da Federação das Santas Casas do RS, Jairo Tessari, na entrega do ofício ao presidente da Comissão de Saúde, Valdeci Oliveira, solicitando espaço do colegiado para esclarecer informações prestadas pelo secretário estadual de Saúde, João Gabbardo, no dia 23 de junho. Valdeci confirmou que os dirigentes poderão se manifestar na próxima reunião, marcada para o dia 6 de junho.

Com informações da assessoria do deputado Ronaldo Santini (PTB-RS)[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]