Ronaldo Santini debate plano de carreira dos servidores da Brigada Militar

PTB Notícias 8/07/2013, 7:36


Após a realização de uma audiência pública no auditório Dante Barone, da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, na sexta-feira (5/7/2013), o deputado Ronaldo Santini (PTB) acompanhou uma comitiva de representantes dos servidores da Brigada Militar em reunião com o governo do estado.

Os brigadianos apresentaram as reivindicações da categoria ao secretário da Casa Civil, Carlos Pestana, no Palácio Piratini.

A pauta incluiu um relatório das reuniões regionais realizadas em seis cidades.

Eles receberam a confirmação que em 15 dias, um grupo de trabalho será formado para discutir soluções quanto ao plano de carreira da classe.

Santini integrou ainda a mesa dos trabalhos durante a audiência pública, coordenada pelo presidente da Comissão de Segurança e Serviços Públicos, deputado Nelsinho Metalúrgico (PT).

Mais de um mil brigadianos estiveram presentes no ato, que iniciou com uma caminhada, desde o QG da BM até o Palácio Piratini, onde ocorreu uma manifestação, finalizada no auditório Dante Barone da Assembleia Legislativa.

O encontro contou com representantes de todas as entidades representativas da classe brigadiana.

O deputado petebista participa das tratativas entre brigadianos e governo desde o princípio das negociações.

“Quando comecei a jornada política pelo interior do estado me deparei com sargentos e soldados mais antigos, extremamente preparados para o trabalho, que estavam tristes.

Eles estava se despedindo da corporação para a reserva.

Eles justificavam que ficar na Brigada sem ganhar nada a mais, preferiam se aposentar”, relatou Santini, que entende a necessidade de discutir soluções para a carreira.

O parlamentar elogiou os policiais pela manifestação pacífica e ordeira.

“As manifestações que estamos vendo nas ruas, em sua maioria são justas.

Porém alguns baderneiros aproveitam para promover violência.

Mas os líderes destes movimentos rapidamente separaram estes elementos dos ideais da manifestação.

Pena que a população ainda não conseguiu separar ainda os bons dos maus políticos”, comentou Santini.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria do deputado Ronaldo Santini (PTB-RS)