Ronaldo Santini preside comissão que apreciou relatório do Orçamento de 2017

PTB Notícias 25/11/2016, 7:33


Imagem Crédito: Juarez Junior/ALRS

[vc_row][vc_column][vc_column_text css=”.vc_custom_1480268819289{margin-bottom: 0px !important;}”]Presidida pelo deputado Ronaldo Santini (PTB), a Comissão de Finanças, Planejamento, Fiscalização e Controle da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul aprovou na quinta-feira (24) o relatório do projeto de lei 194/2016, que trata do Orçamento do Estado para 2017. Foram sete votos favoráveis e quatro contrários ao parecer do relator, deputado Marlon Santos, depois de mais de três horas de sessão. O relatório segue para votação em plenário.

Das quatro emendas apresentadas ao Orçamento por Santini, destaca-se a de nº 01, que destina R$ 299 milhões para o custeio das Santas Casas e hospitais filantrópicos, contemplada pelo relator. O parlamentar lamenta a não inclusão da emenda de nº 02, que destinava R$ 5 milhões para o Programa Bolsa-Atleta. “Tínhamos o objetivo de dotar o Orçamento com o programa que visa oferecer atividades esportivas para crianças e jovens, como uma das formas de afastá-las das drogas e das ruas, incentivando o esporte e a promoção da saúde e contribuindo, inclusive, com a segurança pública”, disse. “Enquanto isso, o Estado pede serenidade de todos os poderes e responsabilidade da Assembleia, mas preferiu priorizar outros setores.”

A sessão foi prestigiada por diversos órgãos e autoridades, entre eles o secretário estadual de Planejamento, José Reovaldo Oltramari, o presidente da AJURIS, Gilberto Schäfer, representantes do Ministério Público, Defensoria Pública, Procuradoria-Geral do Estado, APERGS, Casa Civil e SIMPE.

Com informações da assessoria do deputado Ronaldo Santini (PTB-RS)[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]