Ronaldo Santini vai coordenar debates sobre reforma tributária no Rio Grande do Sul

PTB Notícias 30/04/2019, 17:02


Imagem Crédito: João Ricardo/Liderança do PTB na Câmara

[vc_row][vc_column][vc_column_text css=”.vc_custom_1556654758689{margin-bottom: 0px !important;}”]Integrante da Frente Parlamentar Mista da Reforma Tributária, o deputado Ronaldo Santini (PTB-RS) vai coordenar debates sobre o assunto no Rio Grande do Sul. O petebista entende que a aprovação dessa reforma deveria preceder a da Previdência.

“A reforma tributária hoje tem um papel muito mais importante do ponto de vista do crescimento, do desenvolvimento e do estímulo ao setor produtivo – infinitamente maior do que o da reforma previdenciária. A meu ver, devemos priorizar esse debate, fazer com que essa discussão chegue aos setores que são produtores”, afirma.

Imposto de Renda

Segundo o deputado, a frente parlamentar deverá abordar, em seus trabalhos, a revisão da correção da tabela do Imposto de Renda (IR), que há muitos anos não é realizada. Também vai analisar se os incentivos e benefícios fiscais concedidos pelos estados às empresas estão cumprindo o papel a que se propõem.

Além disso, irá atuar para que haja convergência dos 27 estados da federação em relação a uma proposta tributária que permita que todos tenham ganhos, para fazer com que o país volte a crescer e se desenvolver.

“Existem temas que não são tão pacíficos, que também estarão em debate na frente parlamentar, como a criação do Imposto do Valor Agregado (IVA), que seria uma espécie de um imposto único. Existem outros impostos que a gente entende que podem ser unificados em uma única taxa, em uma única contribuição, vários impostos federais. Tem ainda a questão dos benefícios da Lei Kandir, que a gente precisa levar em discussão também para os estados produtores”, exemplifica o deputado.

Tributária x previdenciária

Ronaldo Santini afirma que muitas pessoas confundem a reforma da Previdência com a reforma tributária, e vice-versa. Segundo ele, para resolver essa questão, nada melhor que levar informação, orientação e o debate ao interior do país.

“Temos que discutir o tema, como estamos propondo em regiões distintas e produtivas do Estado do Rio Grande do Sul. Fazer com que as pessoas possam entender a diferença que existe hoje no sistema previdenciário, que é aquele que garante a aposentadoria, que nos garante o futuro lá no final da nossa carreia de trabalho, e a reforma tributária, que é diária, é uma saga que enfrentamos todos os dias, quando vamos abastecer nosso carro, comprar o alimento na prateleira do supermercado, pagar por serviços e por produtos que adquirimos”, compara.

Com informações da assessoria da Liderança do PTB na Câmara dos Deputados[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]