Rony Alves faz balanço positivo das atividades da Câmara de Londrina (PR)

PTB Notícias 18/07/2014, 7:48


O presidente da Câmara Municipal de Londrina (PR), Professor Rony Alves (PTB), avaliou que o Legislativo teve uma atuação bastante positiva no primeiro semestre do ano, uma vez que cumpriu a sua missão fiscalizadora, como também realizou trabalho permanente junto à comunidade.

Durante o balanço das atividades do primeiro semestre deste ano, em entrevista coletiva à imprensa na terça-feira (15/7/2014), o vereador petebista relatou ações e apresentou números que sustentam o perfil fiscalizador da atual Legislatura.

Segundo Rony Alves, ocorreu um aumento significativo do número de Pedidos de Informações ao Executivo, que saltaram de 102 até julho do ano passado para 184 este ano, demonstrando aumento de 80% em relação ao mesmo período do ano passado.

“Além disso, em apoio as ações dos vereadores, a Controladoria da Casa concluiu a análise contábil e financeira da Sercomtel e da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização e orientou a primeira Tomada de Contas Especial da Comissão de Finanças junto Secretaria de Saúde da Prefeitura, em razão de inconsistências na prestação de contas do concurso público cancelado no ano passado”, lembrou.

CEI dos Alvarás Para o presidente da Câmara, outro fator importante da ação fiscalizadora do Legislativo foi a criação, em abril deste ano, da Comissão Especial de Inquérito (CEI) dos Alvarás, com o objetivo de investigar supostas irregularidades na emissão de alvarás e habite-se pela administração municipal.

Os vereadores já concluíram as investigações em relação as denúncias de irregularidades na liberação de obras Jardim Colúmbia e trabalham agora na revisão do processo de parcelamento do solo do Complexo Empresarial Marco Zero, inaugurado no ano passado na região Leste da cidade.

Ainda sobre o Marco Zero, mas com foco na área de mata, localizada ao lado do empreendimento, a Câmara de Londrina também criou um Grupo de Trabalho, que envolveu órgãos municipais e estaduais para definição da responsabilidade sobre a manutenção e a preservação do local.

Neste caso, relatório final foi concluído e encaminhado aos órgãos competentes.

Rony Alves também destacou o trabalho da Comissão de Seguridade Social, que visitou as 54 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município para diagnóstico do atendimento à população, cujo relatório será discutido em audiência pública no próximo dia 20 de agosto.

Já a Comissão de Trabalho promoveu reuniões públicas para identificação das dificuldades enfrentadas pelo Executivo na liberação dos alvarás e habite-se para os novos empreendimentos e imóveis instalados no município, em especial do City Shopping.

Outra comissão que manteve agenda mensal foi a Comissão Especial de Acompanhamento dos Distritos, que reúne vereadores, representantes das diversas localidades rurais do município e da prefeitura para permitir que moradores apresentarem as suas reivindicações mais urgentes, já identificadas pelo Legislativo e formalizadas ao prefeito em agosto do ano passado.

O presidente Rony Alves também lembrou o importante trabalho da Comissão Especial para Acompanhamento da CPI do Pedágio, principalmente na promoção de debates sobre a duplicação da PR-445 no trecho que envolve as cidades de Londrina e Mauá da Serra (cerca de 80 km) e a possível instalação de uma praça de pedágio no percurso, proposta já anunciada pelo governo do Paraná.

Ainda neste primeiro semestre a Câmara de Londrina participou efetivamente das 41ª e 42ª Missões Econômicas de Amizade Brasil – Japão 2014, realizadas nos meses de março e abril.

O principal objetivo das visitas ao Japão foi prospectar investimentos de empresários japoneses para Londrina, iniciativa que conta com o apoio da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Japão.

Agenda 2º semestre A expectativa para o segundo semestre é de intensificação dos debates da Câmara com a comunidade.

Afinal, o Legislativo deverá receber para análise os dois últimos projetos complementares do Plano Diretor (Uso e Ocupação do Solo e Sistema Viário), a Planta de Valores, a proposta de Reforma Administrativa, como também as matérias que tratam da outorga onerosa e do zoneamento industrial, além daquelas que integram o programa “Pra Frente Londrina”, recentemente lançado pelo Executivo.

“Os novos projetos serão analisados pelas comissões internas da Câmara e ainda devemos programar a realização de audiências públicas.

No entanto, entendo que o Legislativo tem condições de votar os projetos no segundo semestre e poderá, inclusive, lançar mão de uma força tarefa para atender a agenda”, garantiu o presidente Rony Alves.

O recesso parlamentar prossegue até o dia 31 deste mês, período no qual não se realizam as sessões ordinárias.

No entanto, o trabalho das comissões e os serviços administrativos do Legislativo permanecem inalterados.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria da Câmara Municipal de Londrina Foto: Devanir Parra/CML