Rstom quer leitos específicos para pacientes crônicos em hospitais público

PTB Notícias 23/03/2013, 8:42


Indicação do vereador de São Caetano do Sul (SP), Flavio Rstom (PTB), ao prefeito Paulo Pinheiro pede a destinação de leitos específicos para pacientes crônicos nos hospitais públicos do município.

Considerando o tratamento de pacientes crônicos portadores de doenças degenerativas e terminais; considerando o tratamento humanizado, mas que por problemas técnicos (intubação, alimentação parenteral, traqueostomia etc.

) não é possível o tratamento em domicílio pela inaptidão técnica dos familiares, a presente medida se faz necessária, explica o parlamentar.

Leia, abaixo, na íntegra a indicação do vereador Flávio Rstom: INDICAMOS ao Senhor Prefeito Municipal, nos termos regimentais, que se digne determinar à seção competente, laboriosos estudos, visando a destinação de leitos específicos para pacientes crônicos nos hospitais públicos do município.

Considerando o tratamento de pacientes crônicos portadores de doenças degenerativas e terminais; considerando o tratamento humanizado, mas que por problemas técnicos (intubação, alimentação parenteral, traqueostomia etc.

) não é possível o tratamento em domicílio pela inaptidão técnica dos familiares, a presente medida se faz necessária.

Sabemos que esta demanda tende a aumentar na cidade em razão do envelhecimento populacional e da falta de leitos hospitalares, intensificada pela entrada de mais usuários no sistema suplementar de saúde.

Face à relevância do problema, a reformulação do tratamento de pacientes crônicos torna-se necessária para combater a inflação nos gastos em Saúde, bem como para trazer ao paciente uma melhor sensação de proteção, além de restaurar a prática médica integral, descaracterizada pela superespecialização.

Assim, o tratamento integral de pacientes crônicos, com ênfase no tratamento ambulatorial poderá contribuir para redimensionar as tendências da atual prática médica que cada vez mais deve procurar atender às necessidades do paciente.

Contamos, pois, com o competente órgão, no trato desta questão.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal da Câmara Municipal de São Caetano do Sul