Sabino Castelo Branco registra aniversário de emancipação do Amazonas

PTB Notícias 8/09/2007, 10:58


O deputado Sabino Castelo Branco, do PTB amazonense, revelou no plenário da Câmara que o dia 5 de setembro registra desde o ano de 1850 um fato cívico dos mais relevantes na vida do povo amazonense.

Segundo o Deputado petebista, nessa data o Estado do Amazonas comemora o fato de deixar de ser Comarca da Província do Grão-Pará e ascender à condição de Província, constituída por Lei Imperial.

“Assim, o Amazonas ganhou o direito de gerenciar seu próprio destino.

Esta conquista, contudo, é fruto do indomável brio do povo amazonense.

Ao longo dos anos as distâncias, as variantes geográficas e as intempéries naturais foram sendo domadas, dando origem a povoamentos que delimitaram e garantiram as fronteiras do Estado”, disse ele.

“O Amazonas é exíguo de população, alegavam, para manter a condição de dependência.

Mas os grupos humanos consolidados e identificados como um só povo forneceu o argumento insuperável em favor da auto-gestão político-administrativa do Amazonas.

Essa condição não implicou uma panacéia social, mas facultou que investimentos pudessem ser efetuados em diversos setores em escala improvável nas condições anteriores.

Como resultado, foram criadas as bases irradiadoras da cultura: a Biblioteca Pública, o primeiro jornal, o teatro e escolas profissionalizantes, dentre outros.

O comércio pode ser ampliado a tal ponto que transformou o Amazonas num dos estado mais prósperos e contribuintes do Brasil”, afirmou Sabino Castelo Branco.

“Comemoramos, portanto, no dia 5 passado, uma data relevante para nós, que compartilhamos a naturalidade amazonense, e para todo o Brasil.

Que os efeitos dessa conquista perpetrada há 157 anos continue a inspirar na busca de um Estado mais justo, solidário e próspero”, concluiu o parlamentar do PTB do Amazonas.

Agência Trabalhista de Notícias