Sancionado projeto de Reizo Castelo Branco sobre segundo condutor de táxi em Manaus

PTB Notícias 20/12/2017, 6:07


Imagem Crédito: Tiago Correa/CMM

[vc_row][vc_column][vc_column_text css=”.vc_custom_1513769157972{margin-bottom: 0px !important;}”]Após ser aprovado na Câmara Municipal de Manaus, o projeto de lei do vereador Reizo Castelo Branco (PTB-AM) sobre a existência de um segundo condutor nos táxis do município foi sancionado. A Lei 2256/2017 foi criada pelo vereador para buscar amenizar os prejuízos enfrentados pelos taxistas.

“Depois de conversar com muitos taxistas, e ouvir sobre as suas dificuldades e prejuízos, tentei encontrar um caminho para melhorar a vida deles. Por isso, apresentei esse projeto, que foi aprovado na Câmara e, que, Graças a Deus, agora virou lei. Essa é uma conquista para os taxistas, porque essa lei vai beneficiar muito esses trabalhadores. E eu fico muito alegre por saber que o meu mandato está sendo feito diretamente para o povo, e para qualquer classe trabalhadora da nossa cidade”, disse Reizo.

A Lei n° 2256 determina alguns critérios para o seu cumprimento, funcionando da seguinte forma: o motorista que tiver pontuação máxima na CNH e for suspenso para dirigir, ou estiver doente, ou cumprindo pena restritiva de liberdade, terá o direito de indicar um segundo condutor para lhe substituir. Segundo Reizo, isso vai permitir menos prejuízos para o taxista e sua família, que, muitas vezes, tem só essa fonte de sustento.

Já em caso de falecimento do taxista titular, o herdeiro poderá obter a autorização para utilização e licença do veículo, tornando-se, posteriormente, definitiva. O vereador afirma ser uma vitória a sanção da lei, pois beneficiará a categoria dos taxistas de Manaus.

“Essa lei é um amparo garantido para esses trabalhadores, que, todos os dias, estão na luta para ter o pão de cada dia”, destacou.

Com informações da assessoria do vereador Reizo Castelo Branco (PTB-AM)[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]