Santa Cruz: Kelly Moraes dispara na frente com 52% das intenções de voto

PTB Notícias 6/10/2012, 8:19


Em pesquisa encomendada ao Instituto de Pesquisas e Projetos Sociais – InPro, de Porto Alegre, o Riovale Jornal traçou um panorama do cenário eleitoral.

A pesquisa foi realizada no dia 28 de setembro, dia em que Santa Cruz do Sul (RS) comemorou seus 134 anos de emancipação política.

A candidata da coligação A Força do Povo, Kelly Moraes (PTB), desponta com a preferência do eleitor na intenção de voto estimulada: 52,0% contra 35,8% do candidato da coligação Todos por Uma Santa Cruz Melhor, Telmo Kirst (PP) – uma diferença de 16,2%.

O candidato Silvério Stölben, do PSTU, aparece em terceiro, com 2,8% da preferência do eleitor.

Os indecisos ainda representam um percentual de 5,8%, e os votos em branco 1,5% e nulos 2,2%.

Foram ouvidos 400 eleitores de ambos os sexos, com idade igual ou superior a dezesseis anos, de vários graus de escolaridade e faixa de renda.

As amostras por região mapearam vários bairros e o centro da cidade.

Como segunda opção de voto, Silvério Stölben (PSTU) aparece em primeiro lugar com 28,8% das intenções, seguido de Telmo Kirst (PP) com 19,2% e Kelly Moraes (PTB), com 9,5%.

Aqui, 14,2% estão indecisos sobre qual seria seu segundo candidato preferencial e 18,2% votariam em branco, além dos 10% que anulariam seu voto.

O Intervalo de Confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima estimada considerando um modelo de amostragem aleatório simples, é de 5 (cinco) pontos percentuais para mais e para menos sobre os resultados.

No levantamento espontâneo Kelly continua na frente com 16,2% a maisMuito perto das eleições, o eleitor santa-cruzense no levantamento espontâneo também coloca Kelly Moraes (PTB) em primeiro, com 46,2% das intenções de voto – 16,2% a mais que o segundo colocado, Telmo Kirst (PP) com 30,0% .

Na sequência vem Silvério Stölben (PSTU) com 1,5% dos votos.

Enquanto 18,5% não sabem e 2% anulariam seu voto.

Os votos em branco totalizam 1,0% e 0,8% optariam por outros candidatos além dos três concorrentes.

A pesquisa também mostra que 72,2% dos eleitores pesquisados não mudariam mais seu voto, enquanto 11,8% apesar de ter forte intenção, ainda não está definitivamente convicto do candidato.

6,0% votariam hoje no candidato, mas ainda podem mudar de ideia durante a campanha e 4,0% não sabem ainda em quem votar.

Os pouco convictos, com palpite de momento somam 3,2% e 2,0% não informaram.

As mulheres e seu poder de votoDireito conquistado há oitenta anos pelas mulheres, o voto tem sido por elas direcionado a seu contento e saber.

Nas eleições de 2012 em Santa Cruz, a única candidata mulher, Kelly Moraes (PTB) com 52,0% de intenção de voto na pesquisa estimulada, deve 54,2% desse total às mulheres eleitoras, enquanto 49,5% é do sexo masculino.

Telmo Kirst (PP) tem a preferência do eleitor do sexo masculino – 38,8% do seu percentual de 35,8%, sendo 33,0% de intenção de voto feminino.

Silvério Stölben (PSTU) tem a maioria dos seus 2,8% de intenção de voto, das mulheres (3,3%) e outros 2,1% de votos masculinos.

As mulheres também são maioria ao não informar a intenção de voto: 6,6% contra 4,8% dos homens.

Onde está o eleitorO eleitorado de Kelly Moraes (PTB) está mesmo nos bairros.

Dos 52% de intenção de voto, 56,5% vem da região (2) da amostragem (Bairros Bom Fim, Figueira, Piratini, Pedreira, Senai, Arroio Grande, Ana Nery, Menino Deus, Faxinal, Santuário, Bom Jesus, Schulz, Aliança, São João, Ohland, Santo Antonio, Vila Nova, Esmeralda, Capão da Cruz, Rauber, Imigrante, Santa Vitória, Glória, Cristal, Harmonia e Dona Carlota.

Seu segundo maior eleitorado fica na região (1) centro e bairros Higienópolis, Margarida Aurora, Goiás, Avenida, Verena, Santo Inácio, Belvedere, Monte Verde e Country (46,5%) e o terceiro, 44,4% na região (3) Norte da cidade: Universitário, Várzea, Jardim Europa, Independência, Renascença, Entrada Rio Pardinho, Linha Travessa, Aeroporto, Linha Santa Cruz e Navegantes.

O eleitor de Telmo Kirst (PP) está concentrado mais na região norte (3): 50,0% dos seus 35,8% de intenção de voto.

Outros 42,1% estão na região central (1) e 29,3% nos bairros da região sul (2).

Silvério Stölben (PSTU) tem mais eleitores na região sul (2): (3,4% dos seus 2,8% de intenção de voto).

Outros 2,6% estão no centro (1) e adjacências.

Na região (3) norte não recebeu intenção de voto.

Da expectativa de vitória à rejeição do eleitorNa expectativa de vitória dos candidatos, mesmo quem não vai votar em Kelly Moraes (PTB), acha que ela vai vencer as eleições – esse percentual é de 63,2%.

A expectativa de vitória de Telmo Kirst (PP) é de 23,5% e a de Silvério Stölben (PSTU) de 0,5%.

Dos 400 entrevistados, 12,5% não soube definir sua expectativa e 0,2% não informou.

Um quarto (25,5%) dos entrevistados não tem rejeição por nenhum dos três candidatos, 23,85% rejeitam Kelly Moraes (PTB) e 23,0% rejeitam Telmo Kirst (PP).

Silvério Stölben (PSTU) tem índice de rejeição de 21,8%.

Em quem votam os mais jovensO público jovem (de 16 a 20 anos) é maioria nos eleitores de Telmo Kirst (PP).

Dos 35,8% representam 40,7%, seguido do eleitor com idade entre 35 a 59 anos (39,1%).

O eleitor com mais de 60 anos soma 37,5% do total e a faixa entre 21 a 34 anos é a de menor significância, com 28,2%.

Já Kelly Moraes (PTB) ganha a preferência de quem tem entre 21 e 34 anos (54,7% dos 52,0% de intenção de voto), seguidos da faixa mais idosa – acima dos 60 anos: 51,4%.

O eleitor de Kelly de 35 a 59 anos soma 51,1% do total e os jovens, entre 16 e 20 anos, representam 48,1%.

Silvério Stölben (PSTU) tem no eleitor com idade entre 21 a 34 anos seu maior percentual de votos (4,3% dos 2,8% de intenção).

Os jovens de 16 a 20 anos vem em segundo lugar representando 3,7%, seguidos do eleitor na faixa dos 35 a 59 anos, com 2,7% da intenção.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do Portal Rio Vale Jornal