Santo André terá Poupatempo em nove meses, garante Aidan Ravin

PTB Notícias 2/07/2011, 5:40


O prefeito de Santo André (SP), Aidan Ravin (PTB), sinalizou nesta semana que uma unidade do Poupatempo, antigo sonho da atual administração, deverá ser instalada na cidade em meados de 2012.

Em entrevista ao BOM DIA, Aidan Ravin afirmou que o projeto ficou “bem encaminhado” após encontro com o governador Geraldo Alckmin, na última quarta-feira (30/06).

“O prazo é de nove meses, então dá para acabar até o ano que vem”, disse Ravin.

Parte de um terreno que pertencia à Química Rhodia, localizado na Avenida Antonio Cardoso, bairro Bangu, segue como o local escolhido para alojar o Poupatempo.

Entretanto, o espaço continua com foco de contaminação causado pela ex-proprietária do espaço.

Um laudo técnico da Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambienta), de dezembro de 2010, aponta contaminantes metais, solventes, entre outros no local.

Apesar do parecer técnico que reprovariam a construção, Ravin garante que a unidade será instalada em espaço liberado e distante do problema.

“O pessoal fala que a área está contaminada, mas a área total não.

Onde queremos instalar [o Poupatenpo] não está contaminado, está longe de lá.

Não pode misturar essas coisas e querer estragar algo que vai ‘pegar’ tanta gente”, disse.

A prefeitura se apega ao fato de a própria ex-proprietária do terreno ter apresentado laudos que garantiriam a integridade do local.

Além disso, o espaço avaliado em R$ 8,4 milhões foi “adquirido” após processo de desapropriação da área, de mais de 9 mil m², em troca de abatimento de IPTU por 30 meses à Rhodia, que continua funcionando em parte da área.

O fato tem sido extremamente criticado pela oposição do prefeito.

O vereador Tiago Nogueira (PT) solicitou à comarca andreense do Ministério Público informações quanto ao processo de instalação do Poupatempo.

“Ainda estou aguardando, já que o MP ainda não respondeu.

Acho muito lenta a análise de um problema tão grave”, mencionou Nogueira.

O petista ainda criticou duramente a intenção de Aidan Ravin de entregar o espaço dentro de nove meses.

Segundo o parlamentar, trata-se de um “sonho” do chefe do Executivo.

“É sonho, até porque a Prodesp (empresa responsável pelo treinamento de funcionários antes da abertura da unidade) leva oito meses para treinar o pessoal.

Isso por que nem obra tem ainda”, comentou o vereador petista.

SemasaAlém da possível chegada do PoupaTempo a Santo André, Aidan Ravin acertou nova reunião com o governador para “aparar arestas” relacionadas a obras do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André).

O objetivo do novo encontro com o tucano é agilizar o repasse de R$ 15 milhões para a realização de obras no Rio Tamanduateí.

“Pedi agilidade nisso e fiz uma pauta rápida com ele”, confirmou Aidan Ravin.

A autarquia andreense apresentou em janeiro um déficit de R$ 26 milhões no balanço do último biênio.

Entretanto, colocou o atraso em repasses do Governo Federal e a demora no repasse de R$ 15 milhões do Daee (Departamento de Águas e Energia Elétrica) como os principais responsáveis pelo vermelho nas contas.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações da Rede Bom Dia