São Caetano possui o maior PIB per capita do Grande ABC, segundo IBGE

PTB Notícias 26/12/2007, 8:37


O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou no último dia 19/12 os números do Produto Interno Bruto (PIB) dos municípios do País.

O estudo, referente ao ano de 2005, aponta a cidade de São Caetano do Sul, administrada pelo prefeito petebista José Auricchio Jr.

como o município com a maior renda per capita da região do Grande ABC do Estado de São Paulo, com R$ 59.

596,00 por ano.

Em números gerais, o indicador na cidade atingiu R$ 8.

003.

490,00, um recorde.

O desempenho do PIB per capita de São Caetano ficou bem à frente das outras seis cidades da região.

Como comparativo, São Bernardo do Campo alcançou R$ 24.

663,00, Diadema R$ 18.

856,00, Santo André R$ 17.

066,00, Mauá R$ 11.

966,00, Ribeirão Pires R$ 9.

779,00 e Rio Grande da Serra R$ 5.

755,00.

O município de Cascalho Rico, em Minas Gerais, se manteve em primeiro lugar no cenário nacional, com R$ 289.

838,00.

Entre os 5.

564 municípios do Brasil, São Caetano alcançou o 33.

º lugar.

A pesquisa do IBGE mostra também o poder de desenvolvimento econômico de São Caetano, comparado aos últimos anos.

Em 2002, o PIB da cidade foi de R$ 4.

140.

090,00 número que cresceu 93,3% em 2005.

O aumento da renda per capita foi ainda maior.

Cinco anos atrás o valor registrado foi de R$ 30.

116,00, alta de 97,9%.

De acordo com o diretor de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura, Ramis Sayar, os dados comprovam o crescimento em ritmo acelerado da cidade.

“Isso é reflexo do aprimoramento das políticas públicas municipais, que valorizam e facilitam o ingresso do empresariado, contribuindo para o fortalecimento da área produtiva.

“Com vistas ao crescimento planejado, o prefeito José Auricchio vem canalizando esforços com o objetivode criar políticas públicas voltadas ao desenvolvimento local sustentável.

Entre as principais ações da Prefeitura de São Caetano estão o programa de desburocratização para o acesso das empresas (que visa reduzir, de semanas para três dias, o processo de inclusão de uma empresa, além de incentivar a formalização das que já estão instaladas na cidade) e a criação do Atende Fácil Empresa, que deve começar a operar no primeiro trimestre de 2008.

Para Ramis Sayar, os próximos estudos deverão apontar um crescimento continuado do município.

“Com a realização de ações estratégicas e periódicas, São Caetano dará seqüência ao desenvolvimento a passos largos.

“O PIB dos municípios é calculado sob metodologia uniforme para todas as Unidades da Federação e tem o objetivo de mapear as atividades econômicas das cidades.

O índice representa a soma (em valores monetários) de todos os bens e serviços produzidos por uma determinada localidade.

fonte: site da Prefeitura Municipal de São Caetano (SP)