São Caetano tem o menor índice de mortalidade infantil da região do ABC

PTB Notícias 13/08/2007, 13:41


A cidade paulista de São Caetano do Sul, administrada pelo prefeito petebista José Auricchio Jr.

, teve o menor índice de mortalidade infantil da Região do ABC em 2006, de acordo com pesquisa da Fundação Seade, em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde, com informações coletadas nos cartórios de Registro Civil dos municípios e nas Secretarias Municipais de Saúde.

No ano passado, foram registrados 1.

719 nascimentos em São Caetano e apenas 13 óbitos, sendo 7,6 mortes para cada mil bebês nascidos, índice comparado ao de países desenvolvidos.

O atendimento qualificado e a excelente infra-estrutura física, disponibilizados pela Diretoria de Saúde e Vigilância Sanitária (DSVS) da Prefeitura de São Caetano, especialmente às mamães e bebês, foram classificados pela médica Regina Maura Zetone, que dirige a pasta municipal, como principais fatores para que São Caetano ostente esse índice.

“Temos os atendimentos especializados inclusive com uma da Casa da Gestante, ambiente acolhedor preparado para receber e abrigar as futuras mamães.

“Outro local apontado pela médica Regina Maura Zetone como especializado para o atendimento nessa vertente é o Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (Caism).

“Também temos os cursos para gestantes”, ressalta a diretora da DSVS, ao informar que “São Caetano também oferece uma média de nove consultas durante a gravidez, índice acima do indicado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

“Tratamento – Em São Caetano, as gestantes são bem tratadas desde o início de sua gravidez.

No começo de sua fase gestacional, a partir do momento em que ingressam no sistema de saúde da cidade, as futuras mamães são identificadas por uma carteirinha, com diferenciação para cada gravidez.

O Progesta 12, programa implantado pelo prefeito José Auricchio, oferece atenção especial às mulheres que pretendem engravidar, antes do início da gestação, outra iniciativa que ajuda a justificar os índices.

A partir desse método, é oferecido um conjunto de ações como atenção nutricional (suplemento e vitaminas), disponibilidade de exames, medicamentos, orientações físicas e preventivas para o início de uma gestação saudável, três meses antes do começo da gravidez.

No Hospital Infantil e Maternidade Márcia Braido, a Prefeitura disponibiliza atendimento de ponta, para que mamães e bebês sejam tratados de maneira especial.

Mais ações que também merecem destaques e contribuem para o índice positivo são o aumento da cobertura vacinal; as visitas domiciliares dos profissionais de Saúde do Programa Saúde da Família (PSF); o programa “Bebê Cidadão”, que consiste no atendimento de um pediatra na residência, sempre no período entre a saída da mamãe da maternidade e a primeira consulta agendada com o pediatra e o ginecologista da rede; a promoção da 1.

a Semana de Amamentação, iniciativa para orientar enfermeiros, agentes de saúde, pediatras e obstetras para melhor atender mamães e bebês; o Mãe Canguru; e o Ambulatório de Amamentação, dentre outros.

fonte: site da Prefeitura de São Caetano (SP)