Secretário Celso Jatene anuncia privatização do estádio do Pacaembu

PTB Notícias 11/06/2013, 6:33


A prefeitura de São Paulo realizará uma licitação para conceder a administração do estádio do Pacaembu.

O secretário municipal de Esportes, Celso Jatene (PTB), anunciou a ideia na segunda-feira (10/6/2013), após receber autorização do prefeito Fernando Haddad de transformar o local em uma arena multiuso.

“Não queremos gastar nenhum centavo de dinheiro público nessa transformação”, disse Jatene, em audiência na Câmara de São Paulo para debater a organização da Copa do Mundo 2014.

“A licitação tem de estar “na rua” até o final do ano”, acrescentou o secretário.

O valor da licitação já está definido: R$ 350 milhões.

Segundo Celso Jatene, não há possibilidade de o espaço ser cedido para igrejas interessadas.

“A finalidade vai ter de ser esportiva e para shows”, explicou.

Duas empresas interessadas já visitaram o local.

Estas visitas mudaram o plano da prefeitura de pedir auxílio ao governo federal para reformar o estádio.

Com a licitação, a empresa vencedora será responsável por tudo, desde a reforma até a organização dos eventos.

O Pacaembu, no entanto, está proibido de receber shows desde 2004.

Mas o secretário pretende assinar um termo de ajustamento de confuta com o Ministério Público Estadual e com a Associação Viva Pacaembu para driblar o problema.

“Queremos colocar no termo a previsão de um número limitado de shows e com horário pré-determinado para o fim.

A associação de moradores vai participar de todas as discussões sobre a concessão”, garantiu Celso Jatene.

A medida visa a evitar que o estádio do Pacaembu se torne um gigantesco elefante branco na zona oeste de São Paulo com as inaugurações dos estádios de Corinthians e Palmeiras.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal Placar