Secretário Cristiano Araújo incentiva construção do Museu de Tecnologia

PTB Notícias 24/03/2012, 9:04


A Capital do País deve ficar ainda mais moderna em 2012.

O Governo do Distrito Federal trabalha para transcender o campo da arquitetura e democratizar a tecnologia na cidade ainda esse ano.

Para isso, o Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, deputado Cristiano Araújo (PTB), se reuniu com o Secretário de Governo, Paulo Tadeu, para propor que o governador assine um acordo de cooperação técnica que viabilize oficialmente as tratativas para a construção do museu.

“Reuni todas as pessoas interessadas para apresentar a proposta do museu, que quando inaugurado, com certeza marcará a história da cidade”, destacou Cristiano.

O museu estava previsto no Plano Diretor Original de Brasília.

A intenção era implementar um espaço dedicado à cultura, que pudesse abrigar de maneira integrada à cidade, diferentes elementos.

Para ganhar destaque e reconhecimento internacional, Paulo Henrique Paranhos – Presidente do Instituto de Arquitetos do Brasil no DF propôs um concurso mundial para escolher o plano arquitetônico do local.

“Esse concurso dará visibilidade e uma repercussão positiva para o projeto”, ressaltou.

Para Marcelo Dourado, da Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste – Sudeco, a ideia de um equipamento cultural desse porte, com a importância socioeducativa que o caracteriza, deve ser uma responsabilidade compartilhada por diferentes atores institucionais.

“Nossa parceria com a UnB, GDF, empresas privadas, e com apoio do Governo Federal, tem que ser prioridade efetiva”, destacou.

Marcelo confirmou que já realizou contatos com entidades como Banco do Brasil e BNDES, além da Vale do Rio Doce e Coca-Cola, para levantar recursos para o museu.

“Depois que o acordo for assinado, me responsabilizo a levantar recursos consideráveis para começar a construção do museu”, concluiu.

O Secretário Paulo Tadeu encerrou a reunião se comprometendo a agendar uma data com o governador.

Para ele, a presença da SECTI no projeto já traduz o interesse do GDF.

“Se o próximo passo é a assinatura, vamos trabalhar para que isso ocorra nas próximas semanas”, garantiu.

Também estiveram presentes na reunião, o professor Afonso Bermudez e Egmar Rocha – do CDT/UNB e Ildeu Moreira e Monica Menkes – do Ministério da Ciência e Tecnologia.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal do Secretário Cristiano Araújo