Secretário de esportes de São Paulo fala sobre regionalização do turismo

PTB Notícias 4/12/2008, 12:12


Mais de três mil pessoas participaram, na última semana, da Teleconferência destinada ao Programa de Qualificação a Distância para o Desenvolvimento do Turismo que aconteceu na capital paulista.

O titular da Secretaria de Esporte, Lazer e Turismo, Claury Alves da Silva (PTB/SP), fez uma explanação sobre o desenvolvimento da Regionalização do Turismo de São Paulo que, com 40 milhões de habitantes,é responsável por mais de 33% do PIB do Brasil.

“Ao mesmo tempo em que somos o principal portão de entrada de turistas estrangeiros do Brasil, além dos visitantes nacionais, somos o principal emissor de turistas para outros Estados e países”, disse o secretário, que destacou ainda: “O orçamento do turismo para 2009, no valor de R$ 160 milhões, vai contemplar todos os segmentos da atividade turística: Ecoturismo, de Aventura, Rural, de Negócios e Eventos, de Saúde, Esportivo, Histórico Cultural, Religioso, de Pesca, Náutico e Étnico”.

Em um quadro, o titular da Pasta do Turismo mostrou as seguintes estatísticas relativas a 2007: Origem de Turistas Nacionais: São Paulo- 35,7% e Minas Gerais – 13,6% (2º lugar no ranking nacional); Entrada de Turistas Estrangeiros no Brasil: por São Paulo – 46,9% e Rio de Janeiro – 15,4%; Destino de Turistas Nacionais: São Paulo – 27,7% e Minas Gerais – 10,8%.

“São Paulo contribui com 43% do PIB nacional de Turismo”, informou o secretário.

Em relação ao movimento nos aeroportos dados da Infraero Internacional mostram o seguinte quadro: São Paulo – 62,3% e Minas Gerais – 13,6%.

Pela Infraero Doméstico: São Paulo – 26,2% e Minas Gerais – 11,3%.

Já em relação ao DAESP (Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo) que envolve 31 aeroportos, o movimento de passageiros chegou a 1,2 milhão durante o ano.

Claury falou ainda sobre a ação de Regionalização que identificou, até agora, 52 Circuitos Turísticos, “dos quais 20 já estão formatados e 32 em fase de estruturação”.

Também enfatizou, durante este ano de 2008, a capacitação e mobilização de 1380 agentes turísticos públicos do Estado, efetuadas por sua Pasta, com 17 seminários presenciais, por intermédio do Curso de Ensino a Distância denominado “Turismo: Políticas Públicas, Planejamento e Capacidade de Gestão”.

Foram 96 horas de curso em quatro módulos.

“Para 2009 realizaremos 18 reuniões nas oito macrorregiões para ouvir, analisar, estudar, reavaliar e aprimorar a Regionalização paulista.

Entre nossas metas para o próximo ano, há formação e fortalecimento dos Conselhos Regionais e Municipais; realização do inventário turístico do Estado; criação de novos destinos; estruturação e promoção dos circuitos e roteiros turísticos; elaboração do Plano Estratégico de Desenvolvimento Integrado, e também vamos potencializar as parcerias intergovernamentais visando a Copa 2014″, afirmou o secretário petebista.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações do O Serrano)