Secretário Marcus Vinícius entrega primeiros cartões de Cuidados Especiais

PTB Notícias 20/02/2014, 6:39


O secretário de Estado de Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida do Rio de Janeiro, Marcus Vinícius (PTB), entregou na quarta-feira (19/2/2014), em Niterói, os primeiros cartões Cuidados Especiais, destinados à população idosa que necessita de fraldas geriátricas.

O cartão, que é recarregado mensalmente com saldo de R$ 76,80, permite a compra do insumo em qualquer drogaria em funcionamento no Estado do Rio.

Os dois primeiros cartões foram entregues pessoalmente pelo secretário às filhas das aposentadas Georgina Fonseca, 76 anos, e Ruth do Amaral, 81.

Roseli Rodrigues, filha e cuidadora de dona Georgina, não economizou elogios ao novo modelo de compras.

“O cartão é excelente pela comodidade.

Posso comprar as fraldas da minha mãe em qualquer farmácia próxima de casa e o benefício pode ser utilizado de uma única vez.

Sem contar que as fraldas não estarão em falta, como costumava acontecer antigamente”, explicou Roseli, após desbloquear o cartão em menos de cinco minutos pelo telefone e efetuar a primeira compra.

Também satisfeita com o novo modelo adotado, Olga Muniz, filha e responsável por dona Ruth, disse que a mudança é muito bem-vinda.

“O bom que é, em vez de ir até uma Farmácia Popular para buscar a fralda, posso ir a qualquer uma das credenciadas e terei mais tempo para cuidar da minha mãe, que está acamada e sofre do Mal de Alzheimer”, explicou.

De acordo com o secretário Marcus Vinícius, o cartão traz vantagens para os idosos que necessitam do produto.

“O Cartão Cuidados Especiais foi pensado como uma alternativa à constante escassez de fraldas que ocorria nas unidades da Farmácia Popular, devido a problemas com os fornecedores.

A mudança vai trazer benefícios como o aumento na quantidade de fraldas disponíveis por mês, maior variedade de tamanhos, modelos e estabelecimentos”, explicou o secretário, acrescentando que a rede particular oferece uma comodidade muito maior em relação à flexibilidade de horários.

Até o momento, 780 idosos de Niterói, Petrópolis, Volta Redonda e Resende – cidades escolhidas para o recadastramento piloto – foram recadastrados e começam a receber o cartão na próxima semana.

Os outros cerca de 30 mil usuários do programa Farmácia Popular serão recadastrados de forma diferente: quando o usuário ou seu representante efetuar uma compra na farmácia onde é cadastrado, ele será avisado pelo funcionário sobre a mudança no benefício.

Na ocasião, o idoso ou seu representante será orientado a levar os documentos necessários para o recadastramento a ser realizado no próprio local.

O secretário Marcus Vinícius explicou que os idosos que quiserem se inscrever no programa devem se dirigir a uma Farmácia Popular, preencher a ficha de cadastro e apresentar a documentação necessária.

Caso o idoso não possa comparecer, seu representante deve levar identidade e CPF.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da Secretaria de Estado de Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida do Rio de Janeiro