Secretário Maurício Dziedricki enfatiza Programa Gaúcho de Microcrédito

PTB Notícias 11/11/2013, 7:07


Maior sistema de financiamento e apoio de empreendedores formais e informais do país, o Programa Gaúcho de Microcrédito já alocou um total de R$ 243.

443.

352,56 em 37.

901 operações, abrangendo 380 municípios do Rio Grande do Sul.

Coordenado pela Secretaria da Economia Solidária e Apoio á Micro e Pequena Empresa (Sesampe) em parceria com o Banrisul, o programa já beneficiou mais de 28 mil pequenos empreendedores em todo o estado.

“O microcrédito tem como norma o fato de ser orientado e produtivo, uma modalidade de concessão de financiamento em que o tomador recebe dinheiro e assessoria técnica”, enfatiza o secretário Maurício Dziedricki (PTB).

O programa dispõe de diversas ações destinadas à situações específicas relacionadas aos micro e pequenos empreendedores gaúchos.

O projeto Lapidar financiou garimpeiros e lapidadores de pedras preciosas em Soledade.

O Chuvas RS é destinado a auxiliar de forma rápida os empreendedores populares atingidos pelas enchentes dos últimos meses.

Mais de mil empreendedores puderam contar com recursos do Programa Gaúcho de Microcrédito para a retomada das atividades profissionais.

Outro destaque é o Economia Pacificadora, que tem como finalidade fomentar o comércio nas regiões onde estão instalados os Territórios de Paz.

A iniciativa visa ao combate da criminalidade por meio do investimento na geração de emprego e renda em áreas conflagradas pela violência.

“É uma ação que possibilita a construção de novas perspectivas para as comunidades atendidas”, afirma Dziedricki.

O microcrédito também atende aos esportes radicais a partir do termo de cooperação firmado com a Federação Gaúcha de Surf e com a Federação Gaúcha de Skate.

O microcrédito “músical”, em parceria com a Secretaria da Cultura, está voltado para a apoiar a cadeia produtiva da música do Rio Grande do Sul através de uma parceria com o Instituto Estadual de Música (IEM).

Com os recursos, os profissionais da música podem fazer seus produtos, lançá-los e prestar o serviço com shows e eventos.

O Microcrédito da Família Brigadiana foi lançado no dia 31 de outubro, destina-se a possibilitar o acesso dos familiares de brigadianos ao Programa Gaúcho de Microcrédito, visando à criação e manutenção de oportunidade de trabalho e geração de renda.

Esta linha de crédito terá recursos de R$ 20 milhões.

Maior rede do país O microcrédito é operacionalizado pela Sesampe em parceria com o Banrisul.

Oferece financiamentos que variam de R$ 100 a R$ 15 mil, com juros mensais de 0,41% e pagamento em até 24 vezes.

Os recursos são garantidos pelo Fundo de Apoio à Micro Empresa, ao Microprodutor Rural e Empresa de Pequeno Porte (Funamep).

A Rede de Microcrédito no Rio Grande do Sul conta com 45 instituições credenciadas, com 364 pontos de atendimento em todo o estado, constituindo-se na maior rede de microcrédito no Brasil.

O programa já conta com 141 unidades de atendimento de cooperativas de crédito singulares, 198 salas de microcrédito em prefeituras municipais e 25 unidades de atendimento através de Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal do Governo do Rio Grande do Sul