Secretário Pedro Fernandes abre encontro de trabalho da Seduc (MA)

PTB Notícias 25/01/2014, 8:54


As ações estratégicas operacionais dasnovas diretrizes curriculares estaduais, que nortearão o processo de ensino-aprendizagem nas escolas da rede pública estadual foram apresentadas e discutidas, nesta sexta-feira (24/01), durante um encontro de trabalho com a participação de superintendentes, supervisores e técnicos da Secretaria de Estado de Educação do Maranhão (Seduc).

A reunião, realizada na sede da Seduc, no Retiro Natal, foi aberta pelo secretário de Educação, Pedro Fernandes (PTB), e foi coordenada pela secretária-adjunta de Ensino da Seduc, Leuzinete Pereira.

O encontro teve como objetivo socializar as diretrizes curriculares e o seu modelo de implantação, destacando sua importância na efetivação do padrão mínimo a todas as escolas que compõem à rede estadual, garantindo aos alunos educação de qualidade.

As diretrizes são resultado do projeto de cooperação técnica entre Seduc, Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) e Ministério da Educação (MEC), que definiu padrões mínimos de gerenciamento de processos, infraestrutura e currículo à rede estadual de ensino.

O secretário Pedro Fernandes destacou a importância da implantação das diretrizes no processo de melhoria da educação no estado.

Segundo Pedro Fernandes, “As diretrizes sistematizam as ações de educação no estado, estando alinhadas às atuais necessidades dos estudantes e baseadas em uma metodologia que leva o professor a instigar a curiosidade e a participação dos alunos, contextualizando habilidades e competências exigidas nas avaliações”, afirmou.

Para a secretária-adjunta de ensino, Leuzinete Pereira, o legado da implantação das diretrizes é a igualdade de acesso à educação de qualidade.

“O mérito das diretrizes está em garantir padrões mínimos de ensino e aprendizagem de maneira universal.

Independentemente de modalidade de ensino ou localização da escola, o aluno terá garantido o seu direito a uma educação de qualidade, baseada nas competências e habilidades exigidas em avaliações”, enfatizou.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações da assessoria do Secretário Pedro Fernandes