Secretário Pedro Fernandes anuncia obras da educação em Barreirinhas

PTB Notícias 10/12/2013, 18:15


O governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), vai concluir nos próximos meses as obras do colégio do povoado Mamede (conhecido como “Escolão”) e construir um colégio com seis salas de aulas no povoado Sobradinho.

O anúncio foi feito pelo secretário de Educação, Pedro Fernandes (PTB), ao participar do lançamento da campanha “Toda criança tem o direito de aprender.

Nenhuma criança fora da escola”, pela Prefeitura de Barreirinhas.

Ele destacou a iniciativa da gestão municipal e falou sobre o regime de colaboração para vencer as dificuldades que os municípios enfrentam para ofertar ensino de qualidade.

O secretário ressaltou a importância de se investir na qualidade na educação das crianças e jovens do país, ofertando educação de excelência, ele participou ao lado do prefeito Léo Costa, da solenidade de assinatura, no salão São Vicente e do lançamento do Plano de Ação da Educação, quando foram assinadas 21 ordens de serviço para construção de 21 novas escolas em 21 comunidades rurais do município.

O prefeito Léo Costa elogiou a diálogo estabelecido entre a Secretaria de Estado de Educação e a prefeitura de Barreirinhas.

“Embora tenha que atender as demandas dos 217 municípios, todas as vezes que procuramos o secretário Pedro Fernandes ele sempre deu atenção especial às questões de Barreirinhas e se comprometeu em colaborar conosco nessa nossa pela melhoria da qualidade da educação neste município.

“Também participaram do evento o deputado estadual Hélio Soares; o secretário de Educação de Rosário, Joaquim Neto; líderes sindicais e convidados.

Durante sua permanência em Barreirinhas, Pedro Fernandes aproveitou para visitar as instalações e conhecer as demandas da Unidade Integrada de Barreirinhas e o colégio Joaquim Soeiro de Carvalho, onde foi recebido pelos gestores das escolas da rede estadual de ensino.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Secretária de Educação do MaranhãoFoto: Divulgação