Secretário Pedro Fernandes destaca programas desenvolvidos na Seduc

PTB Notícias 13/03/2013, 15:21


Uma escola com novo perfil, que motive alunos e professores e que tenha o foco voltado para a oferta de ensino de qualidade como política pública educacional, foi uma das prioridades apontadas pelo secretário de Educação do Maranhão, Pedro Fernandes (PTB), durante entrevista concedida, na terça-feira (12/3/2013), numa emissora de rádio local.

Na entrevista ele ressaltou, ainda, a realização das conferências intermunicipais e estadual de educação e pontuou os programas desenvolvidos pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

Para Pedro Fernandes, é preciso melhorar a gestão das escolas, qualificar cada vez mais os profissionais de educação com o uso de avançada tecnologia e garantir os recursos para cobrar os compromissos que visam ofertar ensino de excelência.

“Esta é uma das metas do Plano e da Conferência Estadual de Educação, além de melhorar a gestão e buscar parcerias para fortalecer a qualidade de ensino”, disse.

O petebista assinalou sobre a necessidade de um trabalho conjunto.

“As conferências visam a busca pela qualidade do ensino.

Estamos vivendo na Seduc um momento de primar pela integração com todos os setores para que possamos aproximar a secretaria da escola e, consequentemente, da sala de aula”, observou.

Sobre o acordo de cooperação técnica firmado pelo governo do estado com o Ministério da Educação (MEC) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), Fernandes disse que a meta é erradicar o analfabetismo e melhorar os indicadores educacionais com a implementação de práticas pedagógicas e avaliação, visando o fortalecimento do processo ensino-aprendizagem, a redução de índices históricos apresentados pela rede estadual de ensino como evasão escolar, repetência, distorção idade série e o analfabetismo.

“Em parceria com a Universidade Federal do Maranhão (Ufma) lançamos o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, que assegura que todas as crianças estejam alfabetizadas até os oito anos de idade, ao final do 3º ano do ensino fundamental”, explicou Pedro Fernandes.

O secretário petebista pontuou algumas das ações desenvolvidas em sua gestão na Seduc como os programas de alfabetização, correção de fluxo, gestão, conclusões de obras e reformas em escolas da rede estadual de ensino, projeto de reforço escolar, institucionalização de escolas militares e política estadual de educação ambiental, entre outras.

Pedro Fernandes frisa que é preciso também investir na parceria do estado com os municípios e a União.

“O estado foca no ensino médio e auxilia os municípios, através da parceria, para melhorar o ensino fundamental, porque senão a base sempre vai ser ruim, o que se refletirá no futuro”, observou.

Durante a entrevista o secretário falou, ainda, sobre construção de novas escolas, vigilância e programas de incentivo tanto para alunos como para professores.

“Precisamos envolver todos os entes da sociedade no fortalecimento da nossa Educação.

Só assim os resultados irão aparecer”, destacou Pedro Fernandes.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Secretaria de Educação do MaranhãoFoto: Secretaria de Educação do Maranhão