Secretário Pedro Fernandes e José Costa discutem educação profissional

PTB Notícias 26/03/2013, 15:19


O secretário de Educação do Maranhão, Pedro Fernandes (PTB), recebeu, na segunda-feira (25/3/2013), o secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, José Costa.

Acompanhados por auxiliares das duas pastas, eles discutiram ações relativas à educação profissional no estado, através do programa “Brasil Profissionalizado”, do governo federal.

O encontro contou com a presença da consultora do programa, Carla Ramos.

Participaram, também, o secretário-adjunto de Educação Profissional da Sectec, Fernando Lima; as adjuntas da Seduc, Consuelo Magalhães (Suporte ao Sistema), Conceição Andrade (Projetos Especiais) e Leuzinete Pereira (Ensino); os superintendentes Lucinete Vilanova (Educação Básica) e Luciano de Menezes Dias (Engenharia); e a coordenadora do programa pela Seduc, Giovana Pontes.

Durante a reunião, Pedro Fernandes destacou o empenho da secretaria para avançar as ações previstas dentro do programa visando à formação profissional dos alunos da educação básica no Maranhão.

José Costa ressaltou o trabalho desenvolvido quando foi reitor do Instituto Federal do Maranhão (Ifma) e o apoio que recebeu do deputado federal licenciado e agora secretário Pedro Fernandes.

“Conheço o trabalho do deputado Pedro Fernandes e seu compromisso com a educação profissional.

Com certeza, iremos desenvolver uma grande parceria em prol da educação profissional e tecnológica”, observou.

O “Brasil Profissionalizado” visa fortalecer as redes estaduais de educação profissional e tecnológica.

A iniciativa repassa recursos do governo federal para que os estados invistam em suas escolas técnicas.

Criado em 2007, o programa possibilita a modernização e a expansão das redes públicas de ensino médio integradas à educação profissional, uma das metas do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE).

O objetivo é integrar o conhecimento do ensino médio à prática.

Agência Trabalhista de Notícias (NM), com informações da Secretaria de Educação do MaranhãoFoto: Ascom da Secretária de Educação do Maranhão