Secretário petebista comemora início do Pro Jovem Trabalhador no Piauí

PTB Notícias 11/05/2009, 14:49


Tem início, nesta segunda-feira (11/05), as atividades de reintegração ao processo educacional e qualificação profissional do Pro Jovem Trabalhador.

Nesta etapa, ao todo, 8.

500 jovens, de 18 a 29 anos, serão beneficiados com o programa em mais de 50 municípios em todo o Estado.

O projeto será desenvolvido em 350 horas distribuídas em 6 meses, sendo 100 horas/aulas de qualificação social e 250 horas/aulas de qualificação profissional.

Participam do programa, jovens em situação de desemprego e membros de famílias com renda mensal per capita de até um salário mínimo, que, em virtude de suas condições sócioeconômicas, têm maior dificuldade de inserção na atividade produtiva, ou seja, tem maior vulnerabilidade frente ao mundo do trabalho.

Além disso, o perfil do jovem participante engloba que o mesmo esteja cursando ou tenha concluído o ensino fundamental ou ainda esteja cursando ou tenha concluído o ensino médio.

Segundo o secretário estadual de Trabalho e Empreendedorismo, Hélio Isaías da Silva (PTB/PI), “o programa visa preparar e inserir os jovens no mercado de trabalho, através de uma reintegração do mesmo ao processo educacional e de uma qualificação profissional adequada”.

E acrescentou: “o Pro Jovem Trabalhador tem sido um sucesso em nosso Estado.

Para se ter uma ideia, em 2008, foram realizadas 13.

000 qualificações em todo o Estado.

Neste ano, é meta nossa, pelo menos, dobrar essa marca”.

Durante os seis meses em que estarão inseridos no programa, os jovens receberão inclusão digital; terão noções de valores humanos, ética e cidadania; participarão de aulas sobre educação ambiental, higiene pessoal e promoção da qualidade de vida; receberão noções de direitos trabalhistas, formação de cooperativas e prevenção de acidentes de trabalho; terão apoio em relação à elevação da escolaridade; e receberão qualificação profissional.

O Pro Jovem Trabalhador – Juventude Cidadã é uma iniciativa da Secretaria de Trabalho e Empreendedorismo (Setre), em convênio com o Ministério do Trabalho (MTE), através do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Pro Jovem).

Com o programa, jovens poderão ser reintegrados ao processo educacional, receberão a qualificação profissional adequada, terão acesso a ações de cidadania, terão oportunidade de serem inseridos no mercado de trabalho e ainda receberão uma bolsa mensal de R$ 100,00 durante o período de participação no programa para ajudar em suas despesas.

Fonte: 45graus