Segundo dia de reunião do PTB Mulher discute Concurso de Monografias

PTB Notícias 13/08/2009, 17:59


A presidente nacional do PTB Mulher, Cristiane Brasil, comandou nesta quinta-feira (13/8) o segundo dia de reunião das mulheres petebistas no diretório do PTB Nacional, em Brasília.

O propósito da reunião foi o de discutir os problemas do movimento feminino do partido e decidir sobre o regulamento do I Concurso Nacional de Monografias do PTB Mulher.

O objetivo do concurso é estimular a investigação e a produção intelectual como forma de buscar na sociedade subsídios à atuação política do partido.

O Prêmio Ivete Vargas será destinado àqueles que forem aprovados em todos os requisitos.

Cristiane Brasil ressalta que haverá duas categorias para a realização da monografia universitário e profissional.

Na categoria universitária poderão participar os estudantes de graduação e formandos.

Já na categoria profissional, somente os formados.

A comissão julgadora, nomeada pela presidente do PTB Mulher, será divulgada posteriormente e contará com a participação de parlamentares.

O tema abordado para o concurso será “Uma defesa da democracia: a quem interessa o enfraquecimento do legislativo?”.

Além disso, serão aceitos também seus subtemas, como “O poder emana do povo, por meio de seus representantes eleitos ou do concurso público” e “Os desafios da globalização e da soberania nacional”.

O objetivo principal de concurso é estimular a pesquisa, o debate e a reflexão acerca dos problemas da sociedade brasileira contemporânea.

Os prêmios equivalem a sete mil reais, para a categoria universitária e três mil para a profissional.

Cristiane Brasil salientou ainda alguns assuntos abordados na reunião anterior, como as perspectivas de futuro das mulheres petebistas e o desafio de organizar um movimento que se encontrava desarticulado.

De acordo com a presidente do PTB Mulher, muito tempo foi perdido em sua administração apenas na tentativa de descobrir quem eram as mulheres que representavam o PTB Mulher nos diretórios estaduais e municipais.

Agência Trabalhista de Notícias