Seminário em Porto Alegre aborda os valores conservadores e a luta contra ideologia de gênero nas escolas

PTB Notícias 16/05/2022, 20:08


Imagem

Na manhã da última sexta-feira (13/05), o PTB Mulher do Rio Grande do Sul, em parceria com o Diretório Metropolitano de Porto Alegre e do Diretório Estadual do PTB do Rio Grande do Sul, promoveu o “Seminário o Cristão e a Política, ideologia de gênero e o conservadorismo”, com a psicóloga Marisa Lobo, presidente do PTB do Paraná. O encontro, presidido pela vereadora petebista Tanise Sabino, foi realizado no Plenário Ana Terra da Câmara Municipal de Porto Alegre, contou com a participação de um público expressivo, com caravanas vindas das cidades de Sapiranga, Teutônia, Bento Gonçalves, São Leopoldo, Novo Hamburgo, Gravataí, Eldorado do Sul e Lavras do Sul.

A vereadora e psicóloga Tanise Sabino, uma das idealizadoras do evento, esteve presente no seminário na condição de presidente do PTB Porto Alegre. Segundo a parlamentar, é muito importante estarmos atentos às pautas que estão sendo levantadas enquanto sociedade, como a linguagem neutra. “Na última semana, a Câmara Municipal de Porto Alegre aprovou o projeto de lei que garante aos estudantes o uso correto da língua portuguesa nas escolas, de acordo com as normas e orientações legais. Esse projeto é de autoria de alguns vereadores desta casa que também são conservadores. É assim que devemos nos posicionar, precisamos reforçar a importância dos valores cristãos e conservadores. Hoje recebemos a querida psicóloga Marisa Lobo, para dar uma aula sobre como podemos reagir em meio a esses casos e que não devemos nos calar. Precisamos representar os nossos ideais!”

Os movimentos do PTB Mulher Porto Alegre, Movimento Cristão Conservador (POA e RS) e Juventude Trabalhista Cristã Conservadora (Porto Alegre) também apoiaram o seminário, que teve por objetivo reafirmar as liberdades constitucionais e promover os ideais cristãos, da Pátria e da família, que são pilares de atuação dos petebistas. A palestrante principal, Marisa Lobo, é Teóloga, pós-graduada em Filosofia dos Direitos Humanos, Saúde Mental e Gestão Pública, e também Especialista em Ideologia de gênero e autora de 12 livros publicados sobre educação e saúde mental.

Segundo afirmou a palestrante, é muito importante estudarmos sobre os assuntos e abordarmos diariamente. “Não é porque não concordamos com ideologia de gênero nas escolas que devemos fingir que não existe. Esses temas estão aí e devemos falar sobre eles. Tratar esses temas em casa, quando a família está reunida para as refeições é uma sugestão, temos que trazer esses assuntos para a nossa vida”, disse Marisa. A psicóloga, que possui um trabalho dedicado às mulheres como Coordenadora Nacional do Movimento Pró Mulher, também abordou as questões da binaridade e a não-binaridade, exemplificando que existem diversos assuntos e termos que estão em pauta na sociedade, como o gênero “feminino e masculino”, o movimento feminista e os estereótipos em torno desses temas.

A convidada do dia falou ainda sobre questões partidárias e os pilares petebistas. “É um prazer estar trazendo conservadorismo aqui para vocês, o PTB é isso, hoje estamos de cara nova graças ao presidente Roberto Jefferson. Pela primeira vez um partido político está totalmente alinhado com o seu estatuto. Todas as pessoas que permaneceram no partido estão totalmente alinhadas, é bonito ver isso, pessoas unidas pela fé, família, pátria e liberdade”, destacou Marisa. Para finalizar, a psicóloga reforçou que “aqui temos pessoas contra o abordo, ideologia de gênero, a favor da família, aqui não tem lacração, aqui temos pessoas que querem vencer os desafios do século XXI”.

A presidente do PTB Mulher do Rio Grande do Sul, a psicóloga Vivian Garcia, logo em sua fala inicial, reforçou sobre a importância de se posicionar a respeito de linguagem neutra, “cumprimento todos aqui presentes. Sim, todos, porque aqui a linguagem neutra não tem vez. Aqui não tem “todes”. Precisamos reforçar os valores cristãos e conservadores. Agradeço a nossa palestrante do dia, Marisa Lobo, também minha colega de profissão, por trazer com tanta leveza esse tema tão importante da ideologia de gênero. Abracei essa causa e estamos trabalhando para que o nosso Estado possa receber essa mensagem petebista. Com certeza vamos sair daqui muito diferentes do que chegamos, conhecimento é a base de tudo”, destacou.

O vice-presidente do PTB gaúcho, deputado estadual Elizandro Sabino, em sua fala, destacou os seus mandatos como vereador da capital, quando já levantava as bandeiras do conservadorismo. “Há sete anos, fiz um discurso na tribuna da Câmara de Vereadores de Porto Alegre para falarmos sobre o tema da ideologia de gênero estar inserido no Plano Municipal de Educação. Percebi que nenhum parlamentar cristão fez uso da tribuna para fazer a sua manifestação, então, reafirmei a minha posição de ser contrário a todo o tipo de discriminação e preconceito, mas que o direito de tratar sobre a orientação sexual é da família, em casa e com os pais. Assim, com 15 votos a 13, foi retirada essa pauta do Plano. Hoje, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, continuo levantando essas pautas constantemente e com a Frente Parlamentar em Defesa da Criança e do Adolescente, a qual sou presidente, também busco representar os valores da família”.

Na ocasião, estavam presentes, compondo a mesa de abertura, o presidente do PTB RS, Edir Oliveira; o presidente do Movimento Cristão Conservador RS, Ricardo Vagner; e o presidente do Movimento da Juventude Trabalhista Cristã Conservadora, Leandro Santos. Também marcaram presença no seminário o vereador de Lavras do Sul, Clemar Biaggi; o diretor financeiro da Companhia Riograndense de Mineração, João Batista Rodrigues; o Patrono do PTB Curitiba, Jofran Alves; o vereador de Sapiranga, Valdir Cardoso; e o presidente da Câmara Municipal de Bento Gonçalves, vereador Rafael Pasqualotto; e lideranças políticas e eclesiásticas.

Também estiveram presentes os pré-candidatos a Deputado Federal: Gislaine Pires da cidade de Novo Hamburgo; Aminie Cardoso, da cidade de Alvorada; Andréia Grezzana, da cidade de Porto Alegre; Patrícia Oliveira da cidade de São Leopoldo; Simone Sabin, da cidade de Canoas; Ricardo Vagner, da cidade de Teutônia; Leandro Felicio, da região do Litoral.