Senador Armando Monteiro quer mais crédito para as pequenas empresas

PTB Notícias 7/11/2011, 15:00


A Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa vai defender em 2012 mudanças na legislação do segmento que permita aos optantes do Simples Nacional (ou SuperSimples) o acesso a outros tipos de incentivo fiscal.

A criação foi defendida pelo senador Armando Monteiro Neto (PTB-PE), vice-presidente da Frente, no Congresso Brasileiro da Micro e Pequena Empresa que se encerrou ontem, 06/11, no Recife.

O evento foi organizado pela Confederação Brasileira das Micro e Pequenas Empresas (Comicro).

“Vejam que paradoxo.

Todos sabemos que a questão da inovação é algo muito importante no Brasil.

E hoje as empresas enquadradas no Simples estão proibidas de se utilizarem do mecanismo da subvenção econômica, por exemplo, no que diz respeito ao esforço que elas promovem na área de inovação”, cobrou.

Monteiro tentou superar esses obstáculos com uma emenda ao projeto de lei apoiado pela presidente Dilma Rousseff que aumentou o teto de receita anual para enquadramento no Super Simples, passando dos atuais R$ 2.

4 milhões para RF$ 3,6 milhões.

A matéria aguarda a sanção.

Acesso ao crédito do CrescerOutra proposta defendida pelo parlamentar é o acesso a novas linhas de crédito por parte dos microempreendedores brasileiros.

“O crédito ainda é travado, inacessível e curto”, protestou.

Por isso, ele defendeu a ampliação dos limites das empresas que podem ser beneficiadas pelo programa de microcrédito Crescer, do governo federal, que oferece empréstimos a taxas de juros de 8% ao ano.

Lançado no último mês de agosto, o programa beneficia empreendedores individuais e microempresas com faturamento de até R$ 120 mil anuais.

“Devemos travar uma luta para ampliar este limite que contempla as micro e pequenas empresas, de modo a incluir um segmento maior no programa Crescer”, finalizou.

Também falaram o presidente da Frente Parlamentar Mista da Micro e Pequena Empresa, deputado federal Pepe Vargas (PT/RS), o 2º vice-presidente, José Pimentel (PT-CE), o deputado federal Pedro Eugênio, o senador José Pimentel, 2º vice-presidente (PT-CE), e o deputado Sérgio Leite, que preside a Frente Parlamentar na Assembléia Legislativa de Pernambuco.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do Portal Diário do Comércio e Indústria