Senador Elmano Férrer quer mais atenção com idosos

PTB Notícias 2/06/2015, 18:41


Diante do crescimento da expectativa de vida do brasileiro ao nascer, que saltou de 33 anos no início do século 20 para quase 75 anos em 2013, o senador Elmano Férrer (PTB-PI) disse, na sexta-feira (29/5/2015), em plenário, que o governo precisa fazer uma reflexão sobre a situação dos idosos.

Segundo o trabalhista, não faltam leis sobre o assunto, mas a precariedade da vida daqueles que têm 60 anos ou mais persiste.

De acordo com Elmano, o Estatuto do Idoso, a Política Nacional do Idoso, e a Política Nacional da Saúde do Idoso foram importantes conquistas sociais, mas cabe aos gestores federais, estaduais e municipais colocarem em prática políticas públicas que assegurem aquilo que está previsto na legislação.

“A ideia é que sobre esses marcos produzam-se políticas públicas regionais para que sejam articuladas e atuem de maneira integrada com o mesmo fim: a concretização dos direitos sociais do idoso no Brasil”, disse.

O senador elencou alguns exemplos de políticas e ações sociais exitosas em garantir qualidade de vida para idosos.

Duas deles estão em funcionamento em seu Estado: a Universidade Aberta da Terceira Idade, da Universidade Estadual do Piauí, que oferece cursos multidisciplinares sobre saúde, legislação, idiomas, entre outra atividades; e o programa “Terceira Idade em Ação”, da Universidade Federal do Piauí, que ministra cursos de extensão para a terceira idade.

“Precisamos lutar para fazer desses casos um exemplo, estendê-los como regra, para que nenhum idoso seja negligenciado em nosso país.

É o compromisso do meu mandato”, disse.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência SenadoFoto: Edilson Rodrigues/Agência Senado