Senador Fernando Collor destaca vitória do Brasil na OMC

PTB Notícias 8/05/2013, 17:32


O presidente da Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) do Senado, Fernando Collor (PTB-AL), saudou, no início da reunião desta quarta-feira (8/5/2013), a vitória do Brasil nas eleições para a direção-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC).

O novo diretor-geral, o brasileiro Roberto Azevêdo, venceu o mexicano Herminio Blanco.

Para Collor, o fato significa a vitória do multilateralismo, caminho escolhido pelo Brasil para as relações comerciais internacionais.

“A vitória do Brasil, por larga margem de votos, significa que deu resultado a persistência da nossa diplomacia no caminho, escolhido há longo tempo, do multilateralismo”, afirmou.

No entanto, o parlamentar petebista disse que essa direção será difícil, devido aos desafios da Rodada Doha e à tendência de se privilegiarem acordos de livre comércio entre países e blocos, na contramão da liberalização mais ampla, preconizada pelo multilateralismo.

Infraestrutura em segundo planoO presidente da CI destacou ainda as dificuldades do cenário econômico internacional e afirmou que a infraestrutura brasileira precisa de um rumo firme.

Collor afirmou que a queda dos juros realizada pelo Banco Central Europeu tem sido considerada como insuficiente para relançar a economia do euro.

Para o petebista, além da conjuntura internacional, os custos industriais do Brasil estão elevados e o setor está cada vez menos competitivo, o que já causa problemas em nossa balança comercial.

“Esses custos são altos em grande parte por culpa de uma infraestrutura que foi relegada a segundo plano”, concluiu.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência SenadoFoto: Marcos Oliveira/Agência Senado