Senador João Vicente diz que estilo do PTB foi confundido com campanha

PTB Notícias 1/12/2008, 11:21


Apesar das especulações em torno de uma possível candidatura do senador João Vicente Claudino (PTB/PI) a governador do Estado do Piauí em 2010, o parlamentar prefere atribuir os comentários ao que intitula de um “estilo inovador” na política local.

O fato de João Vicente percorrer as cidades do Piauí após as eleições de 2006 teria sido confundido, segundo ele, com uma campanha antecipada à sucessão de Wellington Dias.

“Eu quebrei uma tradição, mesmo porque não venho de família tradicionalmente política do estado do Piauí, eu tinha que tomar uma atitude diferente e por isso eu tinha que voltar ao estado do Piauí, todas as cidades e, pelo menos, cumprimentar as lideranças e que este sentimento fosse levado ao povo das cidades, ainda hoje agradeço, porque foi a maior votação da história do Piauí”, argumenta o senador.

João Vicente diz que vai manter as visitas aos municípios, para ele esta seria uma forma de “levar ao Senado Federal a real situação dos problemas do estado”.

O fato é que, as visitas de João Vicente ao interior do estado trouxeram frutos muito benéficos para o crescimento político seu e de seu partido, o PTB.

Em uma campanha de filiação partidária, ainda em 2007, o PTB conseguiu filiar um número considerável de prefeitos.

Para o senador, o mandato executivo ou parlamentar significa uma campanha indireta.

“Eu acho que a campanha para quem detém mandato político parte da avaliação do mandato, isto é natural.

Por exemplo, um prefeito eu é candidato a reeleição, no dia a dia do seu trabalho já torna uma campanha indireta, porque você vai ser avaliado pelo seu trabalho”, avalia.

O parlamentar piauiense, que começou a carreira política ocupando o mandato no Senado Federal, onde muitos políticos tradicionais terminam a vida pública, não tem pretensões de exercer somente um mandato eletivo.

João Vicente é claro ao enfatizar que a atuação no Congresso vai lhe proporcionar novas disputas eleitorais.

“Se nós continuarmos nosso trabalho aqui no Senado, teremos a compreensão do povo do Piauí, que este trabalho gerou resultados importantes e visualizar o nome do partido e da coligação que será feita é que à frente de um grande projeto de estado a gente possa multiplicar as ações e ter resultados ainda maiores para nosso estado”, disse.

Fonte: 180graus