Senador João Vicente diz que PTB no PI ficará unido e na oposição em 2014

PTB Notícias 4/10/2013, 6:24


O presidente do PTB do Piauí, senador João Vicente Claudino, garantiu na quinta-feira (3/10/2013) que o partido ficará na oposição e unido para as eleições de 2014.

O setor da sigla que está no governo, graças à influência da bancada, segundo o senador, não irá criar dificuldades em apoiar as estratégias do partido para o próximo ano.

Líderes do PTB têm indicação na Secretaria de Turismo, ocupada por Nerinho, Ceapi (Central de Abastecimento do Piauí) direção proposta por Fernando Monteiro e direção do DER indicado pelo deputado Hélio Isaias.

João Vicente Claudino também comentou a saída de Eliseu Aguiar e Jorge Lopes da sigla.

Para JVC, o partido não contabilizou perdas nesse período de saídas e filiações, principalmente analisando que dois partidos foram criados.

“Acho que o partido se manteve bem nessa movimentação com a criação de dois novos partidos e poderiam migrar políticos com mandatos.

O PTB manteve suas lideranças e saímos desse momento de preparação para 2014 fortes, como saímos das eleições municipais”, comentou.

João Vicente declarou ainda que a saída de Eliseu Aguiar, ex-presidente do diretório municipal do partido, já era de conhecimento há algum tempo e afirmou que Eliseu sempre foi respeitado e assumiu importantes cargos no governo sob indicação do PTB.

“É uma saída que já vinha anunciada de muito tempo.

Tivemos um tratamento de muito respeito, humanidade, com Eliseu.

Todos os momentos em que o PTB ocupou cargos importantes Eliseu fez parte”, disse.

Já sobre o suplente de deputado Jorge Lopes, João Vicente explicou que não poderia aceitar o acordo que havia sido feito para que ele assumisse uma vaga na Assembleia.

“Fazemos a política com princípio e acredito que a atitude que se engendrava nós não concordamos, mesmo tendo amizade por ele [Jorge Lopes].

Acho que a solidariedade é movida por dois sentimentos: ou o sentimento humanitário ou a nobreza.

Nesse caso não se encaixava nenhum desses sentimentos”, enfatizou.

O senador reafirmou que o PTB continua aliado do PT na candidatura de reeleição da presidente Dilma e, no Piauí, repete a aliança.

“O PTB continua governo e é base no governo federal.

Se outros partidos saírem para lançar outros candidatos, isso é uma movimentação.

Vamos continuar aliados de Dilma, Wellington Dias e Ciro Nogueira”, finalizou.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal Cidade Verde