Senador JVC questiona números da Educação divulgados pelo governo do Piauí

PTB Notícias 16/02/2012, 6:29


O senador João Vicente Claudino (PTB-PI) ironizou, nesta quarta-feira (15/02), em Plenário, a informação divulgada pelo governo do Piauí­ sobre a educação do estado.

Primeiramente, o senador disse ter ficado entusiasmado com a mensagem encaminhada pelo governador Wilson Martins à Assembleia Legislativa, segundo a qual o número de escolas estaduais em tempo integral saltou de 19 para 181 no primeiro ano de governo, com a promessa de atingir 330 escolas em 2012.

O parlamentar afirmou, porém, que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), do Ministério da Educação, oferece dados muito diferentes.

De acordo com João Vicente Claudino, se os números da mensagem do governador fossem verdadeiros, o Piauí­ estaria “anos luz à frente” de estados como Santa Catarina, Paraná e São Paulo.

Mas, na realidade, o estado aparece sempre em último lugar.

O parlamentar acrescentou que as escolas que viu nas cidades piauienses têm infraestrutura precaríssima, sem bibliotecas e sem investimentos em recursos humanos.

O representante piauiense também lamentou a situação da universidade estadual.

Na mensagem do governador, são previstos investimentos de R$ 111 milhões em 2012, mas a média anual, nos últimos anos, é de R$ 54 milhões.

Dnit No mesmo pronunciamento, o parlamentar relatou visita feita ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte Terrestre (Dnit), acompanhando a bancada federal do Piauí­.

Ele elogiou a gestão do novo diretor-geral, general Jorge Ernesto Pinto Fraques.

Eles pediram investimentos na BR-222, que liga Fortaleza a Belém.

O senador ainda elogiou o prefeito de Teresina, Elmano Férrer (PTB), pela atuação após o protesto de estudantes da cidade contra o aumento das passagens de ônibus.

De acordo com o parlamentar, o prefeito agiu de forma transparente, abrindo a planilha de custos, implantando a integração entre as linhas e abrindo mão de impostos para baratear os custos.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Jornal Luzilândia Foto: Moreira Mariz/Agência Senado