Senador Mozarildo Cavalcanti lamenta situação dos professores brasileiros

PTB Notícias 16/10/2013, 6:46


Ao homenagear os professores pelo seu dia, na terça-feira (15/10/2013), o senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) lamentou, em plenário, que esses profissionais continuem tendo que lutar para obter uma vida digna, quase 200 anos depois do decreto imperial de 15 de outubro de 1827, no qual D.

Pedro I determinou que todas as cidades brasileiras tivessem uma escola de primeiras letras, bem como as formas de contratação dos professores e sua remuneração.

O representante roraimense lastimou que os professores fluminenses, em greve por melhores salários e condições de trabalho, tenham sido “covardemente espancados em praça pública” no Rio de Janeiro.

O parlamentar elogiou a atuação do senador Cristovam Buarque (PDT-DF) em prol da educação e disse que somava sua voz à dele e à de todos os que lutam pela educação no Brasil.

Afirmou que a instituição de uma carreira nacional do magistério pode ser um dos caminhos para recuperar a educação brasileira.

Mozarildo elogiou também o Programa Mais Educação, do governo federal, que visa ampliar a permanência dos alunos na escola.

E lamentou que muitos alunos roraimenses só consigam chegar à escola de barco.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da Agência SenadoFoto: Waldemir Barreto/Agência Senado